A semana será decisiva para muitos times brasileiros envolvidos na Copa Libertadores da América. Cruzeiro e Internacional podem sair de campo com a vaga garantida, enquanto que o Atlético Mineiro luta para não se complicar. A maioria dos times adversários tiveram êxito em seus campeonatos locais e chegam motivados para os duelos.

Publicidade
Publicidade

Dos times brasileiros, dois deles podem já garantir vaga nesta semana, enquanto que outros dois lutam para se manter na briga. Já os três restantes podem deixar a classificação bem encaminhada.

Quem pode se classificar

Tendo poupado a maioria de seus titulares no Campeonato Chileno, o Palestino encara o Internacional, nesta quarta-feira (10), às 21h30, no Beira-Rio. O time é o segundo colocado do grupo, com sete pontos, enquanto que o Colorado lidera com 10 e pode sair de campo com a vaga em caso de vitória e tropeço do River Plate.

Grêmio pode dar adeus à Copa Libertadores, caso não vença. (Divulgação/ Lucas Uebel/ Grêmio FBPA)
Grêmio pode dar adeus à Copa Libertadores, caso não vença. (Divulgação/ Lucas Uebel/ Grêmio FBPA)

Diante do péssimo Campeonato Argentino que o Huracán fez ao longo do torneio, “O Globo” venceu na última partida desta temporada 2018/2019 ao derrotar o Atlético Tucumán, outro postulante que estava disputando uma das vagas da próxima Libertadores, quebrando um jejum de 11 jogos sem vitória.

Os gols foram de Lucas Barrios e Chávez. O problema é que o time foi punido por irregularidades na contratação de jogadores e por isso perdeu seis pontos na Superliga Argentina, ficando fora da próxima Sul-Americana.

Publicidade

Com evolvido em todos esses problemas, o time argentino encara o Cruzeiro nesta quarta-feira às 21 horas, no Mineirão tentando vencer para não ser precocemente eliminado. O Cruzeiro por usa vez, um dos únicos com 100% de aproveitamento, ao lado dos paraguaios Cerro Porteño e Libertad, sai de campo classificado em caso de vitória.

Quem pode cair fora

O Cerro Porteño é talvez o adversário mais perigoso da lista dos brasileiros que vão enfrentar neste meio de semana o que não é nada bom para o Atlético Mineiro, que busca a vitória no Paraguai para se classificar.

O jogo será nesta quarta-feira (10), às 19h15.

Além de líder da chave com 100% de aproveitamento, o Cerro faz boa campanha em seu campeonato local e tem apresentando um Futebol eficiente. Um tropeço do Galo, aliado a uma vitória do Nacional diante do Zamora significará que os mineiros terão que se contentar em brigar por vaga na Sul-Americana.

Em pior situação que o Atlético, só mesmo o Grêmio, que somou apenas um ponto em seus três primeiros jogos e recebe o Rosário Central, que também tem apenas um ponto, nesta quarta-feira (10), na Arena. Um empate já elimina o Tricolor da disputa.

Publicidade

Quem pode encaminhar a classificação

Depois de perder em casa para o Peñarol, o Flamengo terá a chance de se redimir diante de seu torcedor nesta quinta-feira (21), quando desafia o San José, às 21h, no Maracanã. O time boliviano, apesar de ter vencido seu último compromisso no campeonato local, viveu uma semana conturbada, com greve dos jogadores, que se recusaram a treinar, por conta de salários e premiações atrasadas. Com seis pontos em três jogos e dividindo a liderança com o Peñarol, uma vitória ainda não classifica o Rubro-Negro, mas pode deixar a vaga bem perto.

Publicidade

Grande ameaça colombiana em anos anteriores, o Junior Barranquilla não vem fazendo bonito nesta Copa Libertadores. Último colocado do grupo do Palmeiras, tem a chance de dar uma reviravolta contra o próprio alviverde que perdeu a classificação para a final do Campeonato Paulista.

Para o Palmeiras é um alento e preocupação, motivos de sobra para tentarem fazer o dever de casa nesta quarta-feira (10), às 21h30 e tentar encaminhar a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores. O Verdão tem seis pontos, uma menos que o San Loreno, enquanto que o Melgar aparece em terceiro com quatro pontos.

Por fim, o Athletico Paranaense nesta terça-feira (9), vai tentar a revanche contra o Tolima, na Arena, com o moral elevado após vencer o Boca Juniors por 3 a 0. Uma nova vitória deixará o Furacão com um pé e meio nas oitavas de final.

Leia tudo