Após conquistar o título do Campeonato Mineiro, no último sábado (20), após empate em 1 a 1 diante do Atlético, o Cruzeiro não teve muito tempo para comemorar. No domingo (21), já embarcou para a Venezuela, onde nesta terça-feira (23) encara o Deportivo Lara, às 17h, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

No único treino realizado antes do jogo, o meia Thiago Neves treinou no time titular e a tendência é que jogue ao lado de Rodriguinho. O jogador disse que está preparado para começar jogando, mas não tem certeza se poderá estar em campo por toda a partida. “Me preparei nas últimas duas semanas, não sei se para 90 minutos”, disse o experiente jogador.

O que o Cruzeiro ainda quer na fase de grupos

Um dos únicos times com 100% de aproveitamento dentro da competição –junto com a dupla paraguaia Libertad e Cerro Porteño–, com a vaga nas oitavas de final garantida como primeiro colocado de sua chave, o Cruzeiro ainda alimenta ambições nas duas últimas rodadas que faltam para o final da fase. Os mineiros querem ter a melhor campanha geral do torneio para poderem ter a oportunidade de decidir os jogos eliminatórios no Mineirão.

Isso vale até a fase semifinal, uma vez que, a partir deste ano, a competição será disputada em jogo único em estádio previamente escolhido. Neste ano, o campeão será conhecido em Santiago, no Chile. “Este é um grande objetivo mesmo na primeira fase.”, disse o zagueiro cruzeirense Léo.

“A gente vai para buscar o resultado e fazer um bom jogo na Venezuela”, seguiu o jogador.

Para Thiago Neves, o adversário –segundo colocado da chave com cinco pontos e que briga pela classificação– estará enganado se imagina que por estar classificado o Cruzeiro fará corpo mole na partida. “Em todo jogo a gente entra firme. Cada jogador está procurando seu espaço”, disse o meia, que fará seu primeiro jogo na competição continental na temporada.

A outra partida do grupo acontece um pouco mais tarde, quando, às 19h15, o Huracán joga o que pode ser sua última cartada contra o Emelec. O time argentino está em último lugar da chave com um ponto enquanto que os equatorianos somam quatro pontos. A rodada derradeira desse grupo está marcada para o dia 8. O time azul soma 12 pontos em quatro jogos contra cinco dos venezuelanos, quatro do Emelec e um do Huracán.

Conta com ajuda do Grêmio

A tarefa de ter a melhor campanha na primeira fase poderá ser facilitada com a colaboração de um time brasileiro que também estará em campo nesta terça-feira (23) e está em situação bem diferente dos mineiros. O Grêmio jogará no Paraguai, às 19h30, contra o Libertad precisando vencer para continuar dependendo apenas de si para chegar às oitavas de final.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Libertadores
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!