Na manhã desta terça-feira, em treino realizado no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, o Fluminense encerrou a sua preparação para o compromisso de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Na quarta, a partir das 21h30 (de Brasília), no Maracanã, o Tricolor enfrentará o Cruzeiro e, nesse desafio, o técnico Fernando Diniz, apesar de ainda não ter confirmado, deve repetir a escalação que iniciou o clássico do último sábado contra o Botafogo.

Ao longo das atividades dessa semana, Diniz chegou a esboçar a volta de Aírton, que desfalcou o Flu no final de semana por conta de uma lesão muscular.

O volante, porém, ainda necessita aprimorar a parte física e ficará de fora. A tendência é que ele esteja em condições no sábado, quando a agremiação das Laranjeiras, a partir das 18 horas (de Brasília), no Maracanã, reencontra o Cruzeiro, dessa vez pela abertura da quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem Aírton, Daniel é o favorito para formar o setor de meio-campo ao lado de Allan, Paulo Henrique Ganso e Luciano. Outra alternativa seria a colocação de um volante. Como Bruno Silva, acometido de uma contusão no joelho, será submetido a uma intervenção cirúrgica e não tem prazo de retorno aos gramados, Yuri e Caio seriam as opções disponíveis.

Quem também voltou a trabalhar com bola foi Mascarenhas. Afastado por um longo período devido a uma tendinite, o lateral-esquerdo, no entanto, assim como Aírton, só deve ficar novamente à disposição no final de semana.

Apesar do clima de mistério, o provável Fluminense para o jogo de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil é o seguinte: Rodolfo, Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Allan, Daniel e Ganso; Luciano, Pedro e Yony González.

Flu alivia fluxo de caixa

Enquanto o time se prepara para encarar o Cruzeiro, fora de campo, o Fluminense recebeu uma boa notícia.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Futebol PaixãoPorFutebol

Após pedido do departamento jurídico da equipe das Laranjeiras e concordância do goleiro Diego Cavalieri, a Justiça acatou e determinou a redução do bloqueio de 30% para 15% dos valores os quais o clube tem a direito a receber junto ao Grupo Globo, até alcançar o valor de R$ 3.141.746,93.

Há cerca de um ano, Fluminense e Diego Cavalieri entraram em acordo na Justiça por conta de uma dívida trabalhista. Naquela ocasião, o goleiro, atualmente na reserva do Botafogo, teria conseguido o direito de receber, por parte do Tricolor, R$ 6.105.124,74.

Desde então, bloqueios das contas vêm sendo realizados até a quitação do débito.

Com a redução do valor do bloqueio, o Fluminense obterá um alívio nas suas as contas e, consequentemente, melhorará o fluxo de caixa do clube.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo