No sábado, a partir das 18h (de Brasília), no Maracanã, o Fluminense, depois do empate de 1 a 1 com o Cruzeiro na última quarta, no mesmo estádio, no duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, volta a encarar o time mineiro, dessa vez pela abertura da quinta rodada do Campeonato Brasileiro e, para esse desafio, o clube carioca, assim como ocorreu no meio de semana, não terá o seu principal destaque. Ainda com dores na perna esquerda, causadas por uma pancada no clássico com o Botafogo, o centroavante Pedro não participou do treinamento da manhã desta sexta e estará de fora dos relacionados.

Publicidade
Publicidade

Pedro vem sendo cobiçado por clubes europeus. No ano passado, ele esteve muito perto de acertar a ida para o Real Madrid, mas precisou se submeter uma intervenção cirúrgica por conta de uma lesão no joelho direito e o negócio acabou fracassando. Nessa semana, olheiros da Internazionale de Milão e da Atalanta, ambas da Itália, vieram ao Rio para acompanhar o seu rendimento.

Há alguns dias, Pedro foi convocado para a Seleção Olímpica, que, entre os dias 1º e 15 de julho, na França, disputará o Torneio de Toulon.

Ainda com dores na perna esquerda, centroavante Pedro não participa de treinamento. (Arquivo Balsting News)
Ainda com dores na perna esquerda, centroavante Pedro não participa de treinamento. (Arquivo Balsting News)

Como a apresentação do escrete comando por André Jardine se apresentará, na Granja Comary, em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, no dia 27 de maio, o atleta não estará presente em cinco importantes compromissos do Fluminense: Atlético Nacional (COL) – Sul-Americana (30/05), Athletico-PR – Brasileirão (02/06), Cruzeiro – Copa do Brasil (05/06), Flamengo – Brasileirão (09/06) e Chapecoense – Brasileirão (13/06)

Outro desfalque para sábado é Aírton.

Publicidade

O volante se recuperou de uma lesão muscular e, inclusive, já vem sendo presença ao longo das últimas atividades, mas, por precaução, o técnico Fernando Diniz optou por não relacioná-lo para a partida. Sendo assim, a tendência é que o Flu seja o mesmo do jogo de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil com Léo Arthur e Daniel.

Nino se diz orgulhoso por marcar Fred

Nesta sexta-feira, o zagueiro Nino, após o treno realizado no CT Pedro Antônio, concedeu entrevista coletiva e falou sobre vários assuntos, dentre eles, o fato de, pela segunda vez em um curto espaço de tempo, marcar Fred, centroavante do Cruzeiro e ídolo da história recente do Fluminense.

Para o zagueiro, marcar um jogador da categoria do atacante do time mineiro é algo de muito orgulho.

"Eu, durante muito tempo, acompanhei o Fred jogar. Para mim, é uma honra poder estar marcando ele. Uma grande experiência", disse Nino.

Fred atuou sete anos pelo Fluminense. Desde que saiu, em 2016, enfrentou o Tricolor por quatro ocasiões e não marcou um gol sequer no ex-time. Nino espera que esse jejum demore a acabar.

"Espero que não seja no próximo sábado.

Publicidade

Estamos empenhados para que ele não marque. É importante para nós pararmos um jogador como o Fred", encerrou.

Leia tudo e assista ao vídeo