Fluminense e Ceará empataram em 1 a 1 na noite desta segunda-feira (15), no estádio do Maracanã, em jogo que encerrou a décima rodada do Campeonato Brasileiro. O destaque da partida ficou por conta do golaço de bicicleta marcado pelo zagueiro Tiago Alves para o time visitante, que ainda teve um segundo tento anulado pelo árbitro de vídeo.

O resultado não foi bom para nenhum dos times, mas também não chegou a ser um desastre. O Tricolor chegou a nove pontos, saiu da zona de rebaixamento e agora aparece em 15º lugar.

Uma posição acima está o time cearense, que agora soma 11 pontos.

Quem não gostou nada foi o torcedor do time da casa, que vaiou os jogadores que anda deixaram o gramado sob os gritos de “time sem vergonha”.

Primeiro tempo movimentado e com golaço

Com os dois times querendo se afastar da zona de rebaixamento, o jogo começou bastante movimentado. Jogado em casa, o Fluminense era melhor na partida, criava grandes oportunidades, mas o gol foi sair apenas aos 40 minutos, quando após escanteio batido por Daniel, a bola se ofereceu para Pedro, que bem posicionado, mandou para as redes.

O árbitro de vídeo ainda fez a checagem do lance, mas o tento foi validado.

No entanto, a alegria dos mais de 23 mil torcedores que compareceram ao estádio do Maracanã durou pouco. Já nos acréscimos, também após cobrança de escanteio, o zagueiro Tiago Alves aproveitou o bate-rebate na área para emendar uma bela bicicleta e deixar tudo igual.

Se o gol de empate já foi ruim a situação do Fluminense poderia ter ficado ainda pior se não fosse o VAR.

Logo aos 13 minutos do segundo tempo o estreante Felippe Cardoso virou para o Ceará, mas após checagem o árbitro de vídeo detectou que o jogador estava em posição de impedimento no início da jogada e invalidou o lance.

Após o susto, o Fluminense aumentou a pressão e teve grande chance de marcar o segundo gol aos 41 minutos em um lance de Pedro, mas o goleiro Diogo Silva praticou grande defesa e garantiu o empate.

O que vem pela frente

As duas equipes terão uma parada dura no próximo final de semana, quando voltarão a atuar pelo Brasileirão. No sábado (20), às 11 horas, o Fluminense vai até São Januário encarar o Vasco. No mesmo dia, só que as 19 horas, o Ceará terá a missão de parar o invicto Palmeiras no Castelão.

Escalações das equipes

Fluminense: Agenor; Gilberto (Igor Julião), Digão, Nino e Caio Henrique; Yuri Lima (Marcos Paulo), Daniel e Paulo Henrique Ganso; João Pedro (Miguel), Yony González e Pedro. Técnico: Fernando Diniz

Ceará: Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Willian Oliveira (Fernando Sobral) e Thiago Galhardo (Felipe Baxola); Rick (Matheus Gonçalves) e Felippe Cardoso.

Técnico: Enderson Moreira

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!