Entrar na zona de rebaixamento após a vitória do Operário sobre o Londrina não foi o único problema enfrentado pelo São Bento nos últimos dias. A equipe de Sorocaba informou de maneira oficial nesta segunda-feira (15), que o jogador Régis abandonou o tratamento que vinha fazendo contra as drogas, faltou aos treinamentos por isso está fora do jogo desta terça-feira (16), contra o Coritiba, na capital paranaense, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A nota detalha que o atleta deixou de comparecer aos treinamentos de domingo (14) e desta segunda-feira (15), além de ter deixado por vontade própria a clínica de recuperação a qual vinha se tratando desde quando retornou ao clube, no primeiro semestre. O clube sorocabano informou ainda que tomará as medidas cabíveis.

O técnico Doriva falou com a imprensa sobre a situação de Régis. Ele lamentou que o atleta tenha abandonado o tratamento e diz torcer para que o jogador dê a volta por cima.

“A gente torce para ele se recuperar, para que ele (Régis) consiga como ser humano a voltar a ter dignidade”, disse o treinador beneditino.

Com apenas oito pontos em nove jogos, o São Bento ocupa a 17º colocação, a primeira dentro da zona de rebaixamento da Série B.

Em um ano jogador acumulou dispensas e prisões

Depois de se destacar no Campeonato Paulista do ano passado, defendendo o próprio São Bento, Régis foi contratado pelo São Paulo e chegou a ser titular na equipe então dirigida pelo técnico Diego Aguirre, porém, em outubro, de forma repentina foi afastado do elenco.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Na época a diretoria do Tricolor se limitou apenas a dizer que a ausência se devia para tratar de assuntos particulares.

Poucos dias depois de ser afastado, o jogador teve seu contrato com o time do Morumbi rescindido. Naquele mesmo mês ele foi detido pela primeira vez, no Distrito Federal, após se envolver em uma confusão e supostamente tentar invadir apartamentos de vizinhos.

No começo deste ano ele teve uma nova chance no Futebol ao ser contratado pelo CSA, onde se destacou fazendo boas partidas, mas em fevereiro voltou a se envolver em uma confusão, desta vez em um motel de Maceió, onde teria tentado entrar no estabelecimento à força e por isso acabou sendo novamente detido.

Por conta disso, a diretoria do time alagoano, a exemplo do que tinha feito a do time do São Paulo, o dispensou.

Posteriormente, o São Bento decidiu lhe dar uma nova oportunidade, mas em março foi preso pela terceira vez, desta vez por embriaguez ao volante, posse ilegal de drogas e resistência a prisão. O fato fez o jogador aceitar fazer tratamento contra a dependência química, em paralelo aos jogos e aos treinos.

Ele vinha sendo titular antes da parada para a Copa América.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo