São Paulo e Chapecoense se enfrentam nesta segunda-feira (22), às 20h, no estádio do Morumbi, pelo encerramento da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os times vivem jejum de vitória na competição e buscam vencer para subirem na classificação. Apesar de ter pontuado nas quatro últimas rodadas –sempre com empates– o Tricolor não vence há mais de dois meses.

A última vez que que equipe dirigida por Cuca saiu de campo com os três pontos foi na quarta rodada, quando derrotou o Fortaleza por 1 a 0, no Ceará.

Desde então foram cinco empates e uma derrota, o que faz o time do Morumbi ficar na 12º colocação com 12 pontos. No entanto, uma vitória catapultará os paulistas para o quinto lugar, ficando a dois pontos do Atlético Mineiro, o primeiro do G-4.

A Chapecoense, por sua vez, vive um momento bem delicado na classificação. Com três derrotas e um empate nos últimos quatro jogos, o time catarinense soma oito pontos, mas se vencer deixa o Z-4 e dá uma respirada na luta contra o rebaixamento.

O jogo terá arbitragem de Savio Pereira Sampai, que será auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade e Jose Reinaldo Nascimento Junior.

Todos eles são do Distrito Federal. O árbitro de vídeo será

São Paulo não terá Pablo

A única baixa do técnico Cuca em relação ao time que começou o clássico contra o Palmeiras na rodada passada será o atacante Pablo, que no Choque-Rei acabou torcendo o tornozelo no final do primeiro tempo e ainda está se recuperando. Em seu lugar o treinador são-paulino deverá escalar o jovem Raniel para atuar entre Anthony e Alexandre Pato.

Dessa forma, o provável time que entrará em campo terá Tiago Volpi no gol, a defesa formada por Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo. Luan, Tchê Tchê e Hernanes formarão o meio de campo. Na frente o trio formado por Anthony, Alexandre Pato e Raniel.

Chape terá reforço no banco

Em situação ruim na competição, a Chape aproveitou a parada para a Copa América para buscar reforços. Um deles, o Maurício Ramos já foi regularizado e deve começar a partida como opção no banco de reservas.

No time titular a novidade promovida pelo técnico Ney Franco deverá ser a entrada de Amaral no meio de campo, reforçando assim o poder de marcação da equipe.

O desfalque fica por conta de Hernane, que está suspenso. João Ricardo, Elicarlos, Rafael Pereira, Joilson, Yann Rolin, Renato e Thiago Santos estão todos entregues ao Departamento Médico.

Com isso, o provável time da Chapecoense que começará jogando deverá ter Tiepo no gol, o sistema defensivo formado por Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; o meio de campo terá Amaral, Márcio Araújo e Camilo. N afrente Alan Ruschel, Arthur Gomes e Everaldo.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Brasileirão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!