Uma semana após o violento acidente em Spa-Francorchamps, na Fórmula 2, que vitimou o piloto francês Anthoine Hubert, de 22 anos, e praticamente encerrou a carreira de Juan Manuel Correa, que segue internado, as categorias de acesso da Fórmula 1 vivenciaram neste sábado (7) outro assustador acidente, desta vez pela Fórmula 3, no circuito de Monza, na Itália.

Durante uma prova deste sábado, o piloto australiano Alex Peroni escapou da pista na curva parabólica e acabou pegando uma lombada, que fica fora do traçado. Com o impacto, o carro decolou, dando duas voltas completas no ar e caindo de cabeça para baixo na proteção que fica ao lado da pista.

Por sorte, o impacto não pegou a cabeça do piloto.

Apesar das imagens terem sido assustadoras, o piloto saiu caminhando normalmente até a ambulância e levado ao centro médico. Após passar por exames foi constatado que Peroni sofreu uma fratura na vértebra, além de uma concussão.

Por conta do acidente, a prova foi encerrada com a presença do safety car na pista e os danos causados na barreira de pneus atrasaram o terceiro treino livre da Fórmula 1.

Piloto Juan Manuel está em coma induzido

Piloto envolvido no acidente que causou a morte do francês Anthoine Hubert, há uma semana, o piloto equatoriano naturalizado americano Juan Manuel Correa segue internado em um hospital de Londres, onde foi colocado em coma induzido.

A família emitiu um comunicado onde informava que Correa apresentou um quadro de insuficiência respiratória, o que é considerado comum em casos como o dele. O grave acidente lhe provocou várias fraturas nas pernas e ele chegou a correr o risco de perder um dos pés. No acidente, a parte da frente de seu carro foi totalmente destruída e ele ficou com as pernas expostas.

Charles Leclerc é pole na Fórmula 1

Horas depois do acidente assustador na Fórmula 3, a Fórmula 1 realizou seu treino oficial de classificação e mais uma vez a pole ficou com o piloto da Ferrari Charles Leclerc. Vencedor do Grande Prêmio da Bélgica, semana passada, o monegasco fez a volta em 1’20’126, ficando 0s039 à frente de Lewis Hamilton, líder do campeonato.

A segunda fila também terá um piloto da Mercedes e outro da Ferrari, mas em posições invertidas. O finlandês Valtteri Bottas ficou com a terceira colocação enquanto que Sebastian Vettel é o quarto colocado.

A surpresa do treino foi a Renault ocupar a terceira fila, com Daniel Riccardo em quinto lugar e Nico Hulkenberg na sexta colocação. O top 10 da classificação foi completado por Carlos Sainz (McLaren), Alexander Albon (Red Bull), Lance Stroll (Racing Point) e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo).

Terceiro colocado no campeonato, o holandês Max Verstappen apresentou falhas em seu motor, não conseguiu marcar tempo e largar da última posição.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!