De volta à primeira divisão depois da parceria com a empresa austríaca de energéticos Red Bull, o Bragantino iniciou a montagem [VIDEO]de seu elenco para a temporada de 2020 e já anunciou seus primeiros reforços, mostrando que virá forte no mercado.

Uma das contratações divulgadas pelo time do interior de São Paulo é do atacante Alerrandro. O jogador de 19 anos é cria da base do Atlético Mineiro, mas foi muito pouco aproveitado pelos treinadores do Galo que lá passaram este ano, sendo que a maioria dos jogos que disputou foram válidos pelo campeonato estadual pelo qual marcou oito gols em 19 participações.

No Brasileirão foram dois gols em dez jogos.

Outro jovem jogador contratado pelo time das latinhas de energético é o equatoriano Leo Realpe, de 18 anos, campeão da Copa Sul-Americana com o Independiente Del Valle. Apesar de ser considerado uma revelação do clube, o defensor fez apenas oito partidas na temporada.

Os dois reforços assinaram contrato com o clube até 2024, seguindo uma estratégia que vem sendo adotada de fazer acordos longos com jovens jogadores vistos com futuro promissor. O clube dispõe de um orçamento para contratações de cerca de R$ 200 milhões.

Clube mira jogadores do São Paulo

As duas contratações foram apenas o início da montagem de um elenco que promete brigar por coisas grandes em 2020. Agora o time volta suas atenções para o CT da Barra Funda, mais precisamente para o São Paulo, onde há dois atletas que despertam interesse do time de Bragança Paulista.

Um deles é o atacante Helinho, de 19 anos, que subiu ao time profissional ainda em 2018, quando a equipe era dirigida por Diego Aguirre, mas que ao longo desta temporada passou a ser pouco utilizado por Cuca e Fernando Diniz.

Neste ano o jogador fez 22 aparições com a camisa do Tricolor e não marcou nenhum gol sequer.

Outro são-paulino no radar do Massa Bruta é o zagueiro Walce, a qual o time pretende formalizar uma proposta nos próximos dias. O jogador já despertou o interesse de outros grandes clubes brasileiros.

'Me chame de Red Bull'

Recém-promovido à Série A do Campeonato Brasil, o Red Bull Bragantino ainda não optou se terá seus jogos transmitidos em TV fechada pelo Grupo Globo, via SporTV, ou se fechará com a Turner, que veiculará os jogos pelo TNT.

Uma das exigências para o clube fechar com a Rede Globo é ser chamado por seu nome oficial, que é o mesmo da marca de energéticos, prática que a emissora não adota e sem nenhum pudor troca nomes de equipes ou praças esportivas que levem o nome de uma marca, exemplo da própria escuderia da empresa de Fórmula 1, que passou a ser chamada de apenas de RBR ou o Allianz Parque, que na tela do plim plim era referido como Arena Palmeiras.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!