Na tarde desta terça-feira, o Fluminense realizou, no CT Carlos Castilhos, o seu último treinamento antes do confronto de quarta, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, diante do Fortaleza, válido pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Para esse desafio, a agremiação das Laranjeiras, mais uma vez, não contará com o meia Paulo Henrique Ganso, ainda se recuperando de uma lesão muscular na coxa direita. O camisa 10, inclusive, só deverá ter condições de jogo em 2020. A tendência é que Nenê seja mantido como titular.

Além de Ganso, o Flu terá outro importante desfalque. Sentindo fortes dores no pé direito, resultado de uma pancada sofrida durante o empate de 1 a 1 com o Avaí no último domingo, em Florianópolis, o volante Allan também não estará em campo. Dodi formará a dupla de volantes com Yuri.

Guilherme, que cumprirá suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo, Mascarenhas, Matheus Ferraz, ambos em fase de transição após se recuperarem de cirurgias, e Muriel, entregue ao departamento médico, completam a lista de ausências do Tricolor.

Em contrapartida, o zagueiro Digão e o meia Daniel, após cumprirem suspensão contra o Avaí, retornam normalmente.

Sendo assim, o Fluminense deverá ir a campo com Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri, Dodi, Daniel e Nenê; Marcos Paulo e Yony Gonzalez.

Flu conhece tabela da Copa São Paulo de Futebol Júnior

Paralelamente ao trabalho dos comandados de Marcão, a Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou a tabela oficial da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2020. Cinco vezes campeão do torneio, o Fluminense integrará o Grupo 15, cuja sede é em Itú.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Futebol PaixãoPorFutebol

O Tricolor estreará no dia da abertura da próxima edição, 2 de janeiro, uma quinta-feira, encarando, a partir das 19h15 (de Brasília), a Socorrense, equipe de Sergipe.

Na segunda rodada, o Flu enfrentará, no dia 5 de janeiro, às 18h30 (de Brasília), a Vilhenense, de Rondônia. Para encerrar a primeira fase, a agremiação das Laranjeiras, três dias depois, às 19h15 (de Brasília), os donos da casa, o Ituano. Os dois melhores colocados avança para a fase seguinte da Copinha.

Mesmo sendo o segundo maior campeão da história da Copa São Paulo, o Fluminense amarga um jejum de mais de vinte anos.

A última vez que levantou o troféu do torneio, cuja decisão acontece sempre no dia 25 de janeiro, data de aniversário de fundação da cidade de São Paulo, foi em 1989. Na ocasião, derrotou, na final, o Juventus-SP por 1 a 0, no Pacaembu, gol marcado pelo centroavante Sílvio, que, mais tarde, seria campeão paulista de 1990 e vice do Brasileiro de 1991 com o Bragantino, em cobrança de pênalti.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo