No último domingo (5) saiu uma notícia nas redes sociais, de um possível encontro entre o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, e empresários de Fred com o intuito de acertar um retorno do atacante para as Laranjeiras. Na manhã desta segunda-feira (6), em entrevista coletiva ocorrida no CT Carlos Castilhos, o mandatário tricolor reforçou o desejo de, novamente, ver o centroavante vestindo a camisa verde, branco e grená, mas negou ter havido qualquer encontro nos últimos dias.

"Não é verdade [o encontro].

O Fred está se reapresentando no Cruzeiro hoje. Óbvio que tenho interesse em repatriar o Fred, mas não trabalho com mentira, trabalho com verdade", disse de forma categórica.

Além do caso Fred, outro assunto que vem sendo bastante discutido nas várias ferramentas virtuais é a grave situação financeira pela qual atravessa o Fluminense e, segundo os torcedores, uma alternativa seria dispensar ou reduzir os salários de Paulo Henrique Ganso e Nenê. Mário, porém, fez questão de defender os dois atletas.

De acordo com o presidente do clube carioca, os vencimentos dos meias estão bem longe de onerar o caixa da agremiação tricolor.

"O salário dos dois juntos não dá 20% da nossa folha. São dois jogadores que ganham, em média, metade do que ganha a maioria dos laterais dos grandes clubes hoje em dia. Está dentro da realidade no Fluminense e do Futebol brasileiro", garantiu.

Mário praticamente descarta permanência de Caio Henrique

Um terceiro ponto de destaque da entrevista coletiva foi a situação de Caio Henrique. Segundo Mário Bitetncourt, houve várias tentativas de acordo com o Atlético de Madrid, mas, para tristeza da torcida tricolor, o lateral-esquerdo, um dos destaques da última temporada, deverá seguir para o Grêmio.

Mário fez questão também de enaltecer as tentativas de Caio e de seu empresário, o ex-meia Deco, de tentarem convencer o Atlético de Madrid para aceitar a proposta do Fluminense, mas que o lateral-esquerdo só ficará nas Laranjeiras se houver uma reviravolta.

"Se houver alguma reviravolta, voltamos a conversar com o Atlético. Hoje, nesse momento, damos por encerrado", explicou.

Quem também deve sair é o volante Allan. Informações vindas de Belo Horizonte dão como certa a sua ida para o Atético-MG. Em contrapartida, os meias Yago Felipe e Caio Paulista e o atacante Felippe Cardoso já foram aprovados nos exames médicos e têm tudo para serem confirmados como os primeiros reforços do Flu para 2020. Na entrevista, o presidente Mário Bittencourt garantiu que de cinco a seis contratações estão bem encaminhadas e reforçou a expectativa de montar uma equipe competitiva.

O elenco do Fluminense se reapresenta na próxima quinta-feira. No dia 19 de janeiro, enfrenta, no Elcyr Rsende, em Bacaxá, distrito de Saquarema, Região dos Lagos do Estado do Rio de Janeiro, a Cabofriense em partida válida pela abertura do Campeonato Carioca.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!