Segundo informações do site GloboEsporte.com, dentro das quatro linhas a metodologia de trabalho aplicada por Tiago Nunes desde que chegou ao Corinthians está sendo bem recebida pelos jogadores do elenco. No entanto, algumas exigências, principalmente no período de concentração, têm trazido incômodo aos jogadores, que já repassaram isso para a diretoria.

A parte que tem recebido elogios dos atletas é com relação aos treinos dados por Nunes, os quais os jogadores dizem terem assimilados os conceitos e que têm evoluído taticamente.

Outro ponto elogiado pelos jogadores é que acontecimentos alertados pelo treinador nas preleções e durante o jogo de fato acontecem.

Também é exaltado pelo elenco o conhecimento teórico e prático do treinador, além de seu repertório de exercícios físicos.

As reclamações

Segundo informações do site Globo Esporte, as reclamações dos jogadores focam mais na parte comportamental do grupo. Antes acostumados a fazerem suas refeições dentro do período estipulado, mas com cada atleta escolhendo quando almoçar ou jantar, por determinação todos eles agora têm que fazer suas refeições juntos e se algum jogador quiser sair do refeitório antes da hora, é preciso comunicar o capitão Cássio.

Essa prática tem sido vista pelo elenco como algo rígido demais e fora do contexto.

Antes da chegada de Tiago Nunes o acesso ao Centro de Treinamento e aos vestiários era mais aberta. Agora a presença de amigos, convidados e familiares no CT corintiano ficou restrito e a presença de filhos dos atletas e até alguns funcionários dentro do vestiário antes dos jogos foi proibida.

Com os treinadores passados, a lista de jogadores relacionados para as partidas ficava disponível em várias partes do CT alguns dias antes do jogo.

Com Tiago Nunes, os jogadores só são informados se irão ou não para o jogo na véspera, o que tem gerado incômodo, uma vez que os não-relacionados não podem mais se programar com antecedência a utilização do seu tempo livre.

Em dias de jogos, Tiago Nunes tem optado por realizar atividades leves a fim aliviar a tensão da partida e, em sua visão, aumentar o nível de concentração dos atletas. Porém, eles não entendem dessa forma e alguns preferem ter o dia de jogo para dormirem até mais tarde enquanto outros afirmam que essas atividades horas antes de entrarem em campo podem tirar o foco da partida.

Mesmo tendo relatado essa série de insatisfações, o que sem tem notado é que os jogadores seguem comprometidos com o treinador.

Diretoria dá aval para o treinador

A diretoria do Corinthians tem dado autonomia para que Tiago Nunes implante as medidas que forem necessárias e sua chegada teve também o objetivo de romper antigos hábitos do elenco, algo que não aconteceu durante a passagem de Jair Ventura e a curta efetivação e Osmar Loss.

Não perca a nossa página no Facebook!