Um dia após levar o título da Supercopa do Brasil, que veio com uma vitória por 3 a 0 sobre o Athletico Paranaense, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o Flamengo já está de olho em uma nova decisão. Nesta segunda-feira (17), o técnico Jorge Jesus divulgou a lista de relacionados para o primeiro jogo da Recopa Sul-Americana, contra o Independiente Del Valle, no Equador e duas ausências chamaram a atenção.

Um dos jogadores que não estará em campo na próxima quarta-feira é o atacante Gabriel. Mas isso nãos e trata de alguma decisão da comissão técnica em poupar o jogador e sim porque ele terá que cumprir suspensão por conta da expulsão na final da Copa Libertadores da América, contra o River Plate.

O jogador tirou a camisa após o gol da virada do Rubro-Negro e recebeu o segundo cartão amarelo.

Quem também está fora do duelo da próxima quarta-feira m(19), em Quito, é o zagueiro Léo Pereira. Ele se recupera de uma lesão na parte posterior da coxa esquerda e, assim como atacante, já retornou ao Rio de Janeiro.

Outros jogadores que também não viajarão ao Equador, mas por opção da comissão técnica são Hugo Souza, Rafael Santos, Hugo Moura, Lucas Silva, Pepê e Berrío.

O jogo de volta da Recopa está marcado para o dia 26, quarta-feira de cinzas, às 21h30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Relacionados do Flamengo para a Recopa

Para o jogo contra o Inpendiente Del Valle o técnico Jorge Jesus relacionou 25 atletas. Farão parte da delegação os goleiros Diego Alves, César e Gabriel Batista, os laterais Rafinha, Filipe Luís e Renê, os zagueiros Gustavo Henrique, Matheus Thuler, Rodrigo Caio e Dantas.

Para o meio de campo foram relacionados Arrascaeta, Gerson, Diego, João Lucas, Piris da Motta, Thiago Maia, Arão e Vinicius Souza.

Para o ataque foram relacionados Bruno Henrique, Everton Ribeiro, Lincoln, Michael, Pedro, Pedro Rocha e Vitinho.

Flamengo será julgado na próxima quinta

Está marcado para a próxima quinta-feira (20), às 16 horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro, o julgamento do Flamengo por conta de cânticos supostamente homofóbicos vindos de sua torcida na partida contra o Fluminense, semana passada pelas semifinais da Taça Guanabara, no Maracanã.

O Rubro-Negro foi enquadrado no Artigo 243-G e três vezes no Artigo 191. O clube será o primeiro do Rio de Janeiro a ser julgado por conta de atos dessa natureza vindos de seus torcedores. A denúncia foi feita pelo procurador Luis César.

"É uma mudança de postura. São muitos anos com esse comportamento arraigado”, disse o presidente o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Paulo César Salomão Filho. “Acho que em determinado momento será, sim, preciso um choque de ordem nessa questão”, completou.

Não perca a nossa página no Facebook!