Recentemente, a Uefa decidiu punir o Manchester City com banimento de duas temporadas de qualquer competição da Europa, além disso o Manchester também recebeu uma multa de 30 milhões de euros, que equivalem a cerca de R$ 140 milhões, isso porque o clube foi acusado de não cooperar com as investigações e cometer sérias violações.

O City foi punido por ter inflacionado de maneira falsa os valores dos patrocínios do clube, entre os anos de 2012 e 2016. Tudo foi descoberto e vazado pela revista alemã Der Spiegel em novembro de 2018.

Manchester City tem punição mais grave

O clube se envolveu num escândalo e foi banido por duas temporadas de qualquer evento esportivo da Europa, mas a punição pode não para por aí, já que, segundo o jornal Daily Mail, o clube pode ter pontos retirados da temporada 2013-2014, fazendo com que o Manchester City perdesse o título conquistado na ocasião.

Ainda de acordo com o jornal, as contas do clube de 2012 a 2016 serão revisadas, pois esse foi o período em que o clube teria burlado as regras da FPF.

Caso a punição seja mesmo aplicada, os títulos de 2017-2018 e 2018-2019 não vão sofrer qualquer alteração.

Sterling pode deixar o Manchester City

De acordo com o portal Talk Sport, o Real Madrid pode resolver tirar proveito da situação atual de punição do Manchester City, já que muitos dos jogadores podem sair do clube.

Até meados de 2022, pelo menos 19 jogadores do Manchester terão os contratos encerrados.

Sterling não está entre esses jogadores, uma vez que ele tem contrato com o clube até 2023.

Contudo, com a punição de dois anos fora da Champions League, a estabilidade do elenco pode ser afetada. O Real Madrid tem o desejo de contratar Sterling, segundo informações, por desejo de Zidane.

Klopp comenta punição do Manchester City

A punição imposta pela Uefa foi bastante severa. OManchester City foi banido de duas temporadas da Champions League.

Klopp, técnico do Liverpool, rival do City, comentou a situação.

Segundo o treinador alemão, ele ficou assustado ao descobrir o banimento do Manchester City pela Uefa, e ainda se pôs no lugar do clube que foi banido.

Klopp disse que ficou chocado ao saber da notícia e que imaginou que a punição foi bastante pesada para o clube. O treinador ainda disse que não sabe como essas coisas funcionam e que ele só pode dizer que o Futebol do Manchester ao comando de Guardiola é simplesmente sensacional. Ele ainda disse que admira desde sempre o que eles fazem.

O Manchester City já recorreu a CAS, mas caso a punição seja mantida, o clube não vai poder participar das competições da Europa nas próximas duas temporadas (dois anos).

A decisão da CAS ainda não saiu, essa é a última chance do Manchester de se livrar da punição.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!