Os Jogos Olímpicos de Tóquio tinham sido inicialmente agendados para 24 de julho a 9 de agosto, e em seguida viriam os Jogos Paralímpicos, de 25 de agosto a 6 de setembro de 2020. Por conta da pandemia de coronavírus, ambos os eventos foram adiados para "o mais tardar no verão de 2021", segundo anunciou nesta terça-feira (24) o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Desde a primeira edição dos Jogos Olímpicos, que começou no ano de 1896, esse é o primeiro adiamento dos jogos por conta de uma pandemia.

No passado, apenas as duas Guerras Mundiais haviam levado ao adiamento técnico e em seguida o cancelamento dos Jogos.

"Bach e Abe expressaram sua preocupação em comum com a pandemia mundial do Covid-19 e o que isso está fazendo na vida das pessoas e com o impacto significativo que está causando nos preparativos dos atletas em todo o mundo para os Jogos", dizia um trecho da nota.

Um pouco antes, em Tóquio, após uma vídeoconferência com o presidente do COI, Thomas Bach, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, anunciou que havia "sugerido adiar (as Olimpíadas) por um período de um ano" e que o presidente do COI "aceitou totalmente 100%".

Essa decisão do COI parecia indiscutível no novo contexto da pandemia de coronavírus, e diante das crescentes solicitações do mundo do esporte.

Por conta disso, o revezamento da tocha olímpica, que estava programado para começar nesta quinta-feira (26), foi adiado também.

'Antes de se preocupar com a economia, estamos protegendo vidas'

Bach disse a vários meios de comunicação que as consequências financeiras do adiamento das Olimpíadas de Tóquio para 2021 não foram discutidas e não serão prioridade, pois a preocupação é em salvar vidas.

As novas datas dos Jogos de Tóquio, que devem ser realizados em 2021, "serão discutidas pela Comissão de Coordenação e pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio", disse Bach durante uma coletiva de imprensa.

Conforme esta edição dos Jogos, estava prevista a participação de aproximadamente 11 mil atletas, de 204 países, em suas 33 modalidades diferentes de esportes. Além do número alto de atletas, o COI e o Comitê Organizador do Japão já esperavam receber nos 43 locais de disputas, até cinco milhões de espectadores de todo o mundo.

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) contava com a participação de 250 a 300 atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Até esse momento, 178 atletas do nosso país já estavam classificados.

Não perca a nossa página no Facebook!