Uma declaração do prefeito da região metropolitana de Liverpool, Steve Rotheram, considera a possibilidade de que um jogo ocorrido na região tenha acelerado a propagação do novo coronavírus na cidade. A partida ocorreu na casa do Liverpool, Anfield, no dia 11 de março.

Cerca de 53 mil torcedores acompanharam o enfrentamento entre o clube inglês e o Atlético de Madri. A disputa pelas oitavas de final da Champions League fez com que 3 mil torcedores do time da capital da Espanha fossem para Anfield, entretanto, em suas cidades de origem a quarentena já havia sido decretada. O Reino Unido adotou medidas de distanciamento tardiamente, 10 dias após a partida.

Em entrevista, Rotheram disse que se a relação dos casos de Covid-19 com o jogo for comprovada, a situação será um “escândalo”. O prefeito disse ainda que ele e sua equipe não acreditavam que o evento esportivo devesse acontecer.

“Eles (em referência aos torcedores do Atlético de Madri) não podiam se aglomerar em seu país, mas 3 mil deles vieram ao Reino Unido e podem ter espalhado o novo coronavírus”, declarou o prefeito à BBC.

O Reino Unido durante a pandemia

O secretário de saúde do Reino Unido, Matt Hancock, disse nessa quarta-feira, 22, que a população está enfrentando o pico da pandemia causada pelo novo coronavírus. Hancock ressaltou que as medidas restritivas serão suspensas somente quando os governantes decidirem que a situação é segura.

O confinamento foi prorrogado no Reino Unido até 7 de maio, a expectativa do governo é que o Sistema Nacional de Saúde, equivalente ao SUS no Brasil, seja capaz de oferecer condições seguras de trabalho para os profissionais da saúde. Espera-se também que não haja uma segunda onde de contágios.

O novo coronavírus já matou mais de 19.500 pessoas em hospitais britânicos e 143 mil casos foram confirmados.

Em discurso, Hancock reconheceu que o número de mortes pode ser cerca de 20% maior que os boletins informativos do governo apresentam. Essa declaração faz referência ao fato de que são contabilizadas apenas as mortes em hospitais, logo, aqueles que falecem em casa não entram para as estatísticas.

De acordo com o jornal “Financial Times”, o número estimado de mortes ultrapassa 41 mil, duas vezes mais que a quantidade informada pelo governo britânico.

O jornal diz ter combinado as informações coletadas pelos hospitais com os dados do Instituto Nacional de Estatísticas.

Caso a relação da expansão do vírus pela região metropolitana de Liverpool seja confirmada, ficará claro para a população e para o governo que manter as medidas de isolamento social é a melhor forma de impedir a disseminação do vírus. Eventos esportivos foram cancelados em todo o mundo, no Brasil, os clubes de Futebol estão impedidos de realizar partidas até mesmo com os portões fechados. Seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, eventos que podem causar aglomerações de pessoas devem ser evitados para evitar a disseminação da Covid-19.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página ESports
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!