O ex-piloto de Formula 1 e duas vezes campeão da Fórmula Indy, Alessandro Zanardi, sofreu um forte acidente nesta sexta-feira (19), quando participava de uma prova de revezamento de handbike, em Siena, na Itália. Com suspeita de múltiplas fraturas, o italiano foi levado de helicóptero para o hospital Le Scotte, em Siena, em estado grave.

De acordo com informações publicadas pelo jornal Gazzetta dello Sport, Zanardi participava junto com outros atletas paralímpicos de uma das etapas do revezamento do "Obiettivo Tricolore” em handbikes, que são bicicletas de mão.

Segundo a publicação, o acidente teria acontecido ao longo da rodovia 146, na cidade de Pienza.

Zanardi teria perdido o controle em uma descida e batido de frente em um caminhão que vinha na contramão. Os competidores que participavam da prova junto com o ex-piloto que teriam acionado o socorro.

A prova servia para comemorar a volta da Itália ao normal após o país ser duramente castigado pela crise do novo coronavírus.

Zanardi se preparava para retornar ao automobilismo no próximo mês de novembro, quando competiria pela BMW no Campeonato Italiano de GT.

Carreira foi marcada por forte acidente

Alessandro Zanardi teve duas passagens discretas pela Fórmula 1, sendo que na primeira delas correu por Jordan, Minardi, Lotus. Seu melhor resultado foi em 1993, no Grande Prêmio do Brasil, quando chegou em sexto lugar, marcando seu único ponto na categoria.

Sem espaço na categoria máxima do automobilismo, em 1995 rumou para os Estados Unidos correr na Fórmula CART, uma das dissidências da Formula Indy, onde alcançou o ápice em sua carreira dentro do automobilismo. Em três temporadas correndo pela forte equipe Chip Ganassi, foi terceiro colocado em seu ano de estreia e campeão nos dois anos seguintes.

O sucesso na categoria americana lhe rendeu um grande convite para retornar à Fórmula 1 em 1999, quando seria piloto da Williams, que ainda vivia seus tempos de equipe grande. Porém, os resultados foram desastrosos e em 16 corridas ele abandonou 10 e não conquistou um ponto sequer. Isso provocou sua saída do time de Frank Williams antes mesmo de cumprir o segundo ano de contrato.

Depois de um ano sabático, voltou para a CART em 2001 –agora chamada de Fórmula CART–, quando sofreu o acidente que marcou sua vida para sempre.

Em setembro daquele ano, poucos dias após os atentados contra o WTC, Zanardi disputava a etapa de Lausitzring, na Alemanha, quando já no final da corrida rodou em foi acertado em cheio pelo canadense Alex Tagliani.

O choque foi tão violento que o levou a perder as duas pernas. Após quase perder a vida, ele se recuperou e se tornou atleta paraolímpico, tendo inclusive disputado os Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, tendo conquistado duas medalhas de ouro e uma de prata no ciclismo.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!