O Fluminense segue buscando estratégias para aumentar o seu fluxo de caixa e, nos bastidores, vem trabalhando o lançamento de seu terceiro uniforme.O planejamento é que a pré-venda se inicie nos próximos meses e o lançamento oficial será em novembro.

Não se sabe qual a cor da camisa 3 da agremiação das Laranjeiras. A única certeza é de que, segundo o blog "Dinheiro F.C.", da versão eletrônica do jornal O Globo, ela não será grená, conforme cogitaram alguns torcedores, em referência ao uniforme da vitória de 3 a 2 sobre o Palmeias, em Presidente Prudente, confronto que, naquela ocasião, o título do Campeonato Brasileiro de 2012.

Depois de muitos acordos sem sucesso, o Fluminense confirmou, no início de 2020, a Umbro como a nova fornecedora de material esportivo. No último dia 4 de maio, em live apresentada pelo rapper Xamã, houve a apresentação oficial dos uniformes números 1 (tricolor) e 2 (branco). Desde então, começou a se pensar na terceira camisa.

Clube acerta dívidas por ex-contratações

O Fluminense segue obtendo bons resultados nos bastidores. Na última terça-feira, a diretoria do Tricolor Carioca pagou a primeira parcela dos acordos firmados com o Independiente Del Valle (EQU) e o Boston River (URU) pelas dívidas referentes aos equatorianos Sornoza e Orejuela, que vieram do primeiro clube e o arqueiro uruguaio Guillermo De Amores, contratado do segundo.

De acordo com o Jornal O Globo, ambas as pendências custaram, aproximadamente, R$ 1,8 milhão somados e esses pagamentos evitaram que o Fluminense viesse a sofrer punições severas da FIFA.

Sornoza e Orejuela chegaram no Flu em 2017 e ainda tiveram bons momentos no clube. Já De Amores desembarcou nas Laranjeiras no ano seguinte, mas nem sequer disputou uma partida pela equipe carioca.

Suspensa penhora de transmissão da final do Carioca

O Fluminense obteve, na tarde desta quinta-feira, uma liminar no Tribunal Regional Federal da Segunda Região (TRF-RJ) e suspendeu uma penhora de R$ 8.723.502,55 sobre toda a receita que a Flu TV, emissora oficial do clube, havia conquistado na transmissão dos jogos da final do último Campeonato Carioca e do antigo contrato com o Grupo Globo.

A penhora sobre o Tricolor veio após uma ação da Caixa Econômica Federal por conta de uma dívida de 2003, a qual havia sido parcelada em 2016, mas, segundo o banco estatal, rescindida no ano passado.

Desde quando assumiu a presidência do Fluminense, no segundo semestre de 2019, Mário Bittencourt vem lutando bastante para regularizar a grave situação financeira por que atravessa o clube das Laranjeiras. O projeto Sócio- Futebol é a grande aposta do mandatário nesse chamado processo de reconstrução da agremiação verde, branco e grená.

Flu oficializa renovação de Matheus Ferraz

Um dos líderes do atual elenco, o zagueiro Matheus Ferraz teve, no início da tarde desta quinta-feira, oficializada, a sua renovação de contrato com o Fluminense.

O antigo vínculo se encerrava no final desse ano. O novo é válido até junho de 2022. O atleta já está regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pode atuar normalmente.

No Flu desde 2019, Matheus Ferraz é titular absoluto, mas, no momento, segue se recuperando de uma lesão muscular e, dificilmente, estará em campo na estreia do Flu no Campeonato Brasileiro, marcada para às 19h (de Brasília) de domingo, na Arena do Grêmio, diante dos donos da casa.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Fluminense
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!