Quem assistiu à vitória do Fluminense de 2 a 1 sobre o Vasco do último sábado (29), no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, pode perceber uma novidade no uniforme tricolor A marca "Doce Rio, Fretamento e Turismo", usualmente estampada na parte frontal, foi exibida no espaço master da camisa da equipe das Laranjeiras. Oficialmente, essa mudança se deve a uma questão contratual anteriormente previsto para exclusivamente um jogo. No entanto, de acordo com o portal Globoesporte, o que ocorreu no clássico do final de semana se deve a um acordo para a empresa promover melhorias nas instalações no CT Carlos Castilhos, local de treinamento da equipe de Futebol profissional da agremiação das Laranjeiras.

O espaço mais valioso do uniforme do Fluminense segue vazio desde 2018, ano em que se deu a saída da Valle Express. Durante a campanha que resultou na sua eleição para presidente do clube, Mário Bittencourt disse ter conversas encaminhadas, até o final do ano passado, haveria o anúncio de um novo patrocinador master. A intenção do mandatário, porém, acabou não se realizando. Questionado o porquê de, mais de um ano após assumir a presidência, a pendência seguir sem solução, o dirigente alega que não quer desvalorizar a camisa.

Atualmente, além da Doce Royal, o Flu conta com as marcas "Azeite Royal" (barra inferior costas), "TIM" (número) e "Sika" (calção) estampadas em seus uniformes. Enquanto o patrocinador master não chega, a aposta da diretoria é no programa de sócio-torcedor como principal fonte de renda.

Flu divulga lista para jogo contra o Atlético-GO

O Fluminense divulgou, no início desta manhã desta quarta-feira, os relacionados para o confronto das 19h15 (de Brasília), no Maracanã, contra o Atlético-GO, válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2020.

A lista conta com três novidades. A primeira é o retorno de Matheus Ferraz, que, de fora dos últimos três jogos, ganha nova oportunidade após o veto de Luccas Claro, poupado devido a um desconforto muscular.

O experiente zagueiro, porém, começará na reserva, uma vez que Nino e Digão formarão a dupla defensiva titular diante do Rubro-Negro Goiano.

Outras novidades serão as presenças dos laterais Daniel Lima, o Dani Bolt, e Guilherme, destaques da equipe sub-23. Os dois ganham espaço graças à suspensão pelo terceiro cartão amarelo de Igor Julião e ao fato de Orinho estar gripado.

Contratado no início da semana após acertar a sua rescisão com o Botafogo, Danilo Barcelos ainda não está regularizado, o que deve acontecer até o final de semana.

Com contrato renovado até o final de 2021, o apoiador Nenê, artilheiro do Flu, até o momento, da temporada com 15 gols, tem presença assegurada. Outros garantidos são o meia Paulo Henrique Ganso e os atacantes Marcos Paulo, Evanilson e Fred. O camisa 9, no entanto, apesar do gol marcado contra o Vasco, o primeiro desde o seu retorno às Laranjeiras, segue na reserva. Em contrapartida, ainda se recuperando de uma lesão muscular, Muriel continua de fora. Marcos Felipe permanece no gol tricolor.

Se alcançar a terceira vitória seguida na Série A do Brasileirão (derrotou, nos últimos dois sábados, o Athlético-PR por 1 a 0, em Curitiba, e o Vasco por 2 a 1, no Rio), o Fluminense garante a manutenção no G-4 do certame.

No momento, ocupa o quarto lugar na classificação, somando dez pontos.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Fluminense
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!