Uma notícia triste pegou o mundo do Futebol de surpresa neste domingo (4). Foi anunciada a morte do jogador Rafael Coutinho, aos 36 anos. Ele foi revelado pelo Vasco da Gama e estreou no time no profissional no ano de 2003.

Morte do jogador Coutinho

O ex-jogador Coutinho faleceu na tarde deste domingo, após passar mal durante um almoço com a esposa. Eles estavam em um restaurante em Armação dos Búzios, na região dos Lagos do Rio de Janeiro, quando o sofreu um infarto. Rafael foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Dr. Rodolpho Perisse, mas não resistiu e seu óbito foi confirmado. O jornalista Wellington Campos foi quem divulgou a notícia a princípio, o que foi confirmado depois pelo Globo Esporte.

O ex-jogador estava trabalhando com o empresário Eduardo Uram, que lamentou a morte do rapaz. Ele disse que estava arrasado, pois perdeu um companheiro e amigo, que estava com ele a vida inteira, seja como jogador ou como assistente. Uram falou que Coutinho era uma pessoa maravilhosa, correta e leal, além de ser extremamente dedicado, honesto, um bom marido e pai de família. Ele terminou a nota dizendo que o jogador ia direto para o céu, sem escala, e que aquela era uma perda irreparável.

Vasco lamenta morte do jogador Coutinho

O Vasco também lançou uma nota comentando a morte do ex-jogador. Eles disseram que o Club de Regatas Vasco da Gama lamentava profundamente a morte do rapaz, que foi cria das categorias de base do clube e que fez parte da equipe profissional de 2003 a 2007.

Eles confirmaram que ele faleceu após sofrer um infarto fulminante em Búzios.

O Figueirense usou as redes sociais para lamentar a morte do ex-jogador. Eles disseram: "Nossos sentimentos e solidariedade aos familiares e amigos do nosso ex-atleta Coutinho, que faleceu hoje, no Rio de Janeiro. O atleta vestiu o Manto Alvinegro de 2010 a 2012.

Descanse em paz, Coutinho."

Coutinho nasceu em Macaé, no Rio de Janeiro, e foi revelado pelo Vasco da Gama em 2003, sendo titular do time no ano seguinte.

O ex-jogador fez o primeiro gol na final do Campeonato Carioca de 2004, contra o Flamengo, mas foi expulso na partida final. Em 2005, deixou o time e passou um tempo em Portugal, defendendo o Estrela Amadora. Voltou para o Vasco em julho de 2006, mas no ano seguinte deixou o clube novamente, por não se firmar entre os titulares.

O atleta chegou a jogador no Botafogo, Figueirense, Fortaleza, Portuguesa, Guarani, Tombense, e se aposentou no ano de 2018, defendendo o ASA. Desde que se aposentou, ele vinha trabalhando com Eduardo Uram.

Luto na música

O final de semana foi de notícia triste também no meio musical. Faleceu o cantor Anthony Galindo, aos 41 anos, em Miami, nos Estados Unidos. O artista fez parte do grupo Menudo, que agitou a geração dos anos 80.

O cantor estava internado em estado grave deste o domingo (27) e foi a óbito no sábado (03). O cantor atentou contra a própria vida e mesmo os médicos fazendo tudo para salvar a sua vida não foi possível. A família contou que o rapaz sofria episódios de depressão, que piorou no período de pandemia.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!