Neste domingo (4), o Santos Futebol Clube visitou o Goiás, no Estádio Hailé Pinheiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, e conseguiu bater o Esmeraldino por 3 a 2, chegando à sexta posição na tabela de classificação, somando 20 pontos.

Este foi o décimo jogo sem derrota do Alvinegro Praiano, contando as duas competições que o elenco dirigido pelo técnico Cuca participa, o torneio nacional e a Copa Libertadores da América. Seu último revés ocorreu em agosto, no dia 30, contra o Flamengo, na ocasião o placar do encontro foi de 1 a 0 para os cariocas, na Vila Belmiro.

Com uma ascensão importante na temporada, o trabalho realizado na Baixada tem gerado confiança aos jovens atletas revelados e consolidado a imagem positiva de Marinho, ele tem oito gols e é o vice-artilheiro do Brasileirão, atrás apenas de Thiago Galhardo do Internacional de Porto Alegre, que possui dez.

Agora o Peixe enfrentará o Corinthians, pressionado por maus resultados, na Arena Neo Química, nesta quarta-feira (7), às 19h (de Brasília). O Timão está a dois pontos da zona de rebaixamento, na 14ª colocação.

Cuca não terá as presenças de Arthur Gomes, suspenso por ser expulso, Carlos Sánchez, lesionado gravemente no joelho esquerdo, devido a um rompimento no ligamento cruzado anterior, será operado, Raniel (trombose), e Yeferson Soteldo, convocado para atuar nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, pela seleção venezuelana.

O Goiás, treinado por Enderson Moreira, segue sua fraca campanha no Campeonato Brasileiro, totaliza nove pontos em dez partidas, e ocupa o 20º lugar (lanterna). No seu próximo compromisso pega o Fluminense, na quarta-feira (7), de novo em casa, no Hailé Pinheiro, às 20h30 (de Brasília).

Gols do duelo

A contagem do placar foi inaugurada por Vinícius Lopes. Ele recebeu o passe de Daniel Villalva e empurrou a bola para as redes, aos quatro minutos do primeiro tempo, 1 a 0, Goiás.

Pouco depois, os santistas empataram com Marinho cobrando pênalti. Ele escolheu o canto esquerdo e o goleiro Tadeu o direito, 1 a 1, aos 18’.

Com uma grande dose de sorte, a virada alvinegra veio dos pés do lateral Pará. Ele tentou cruzar, houve um desvio em Jefferson, e terminou no gol, aos 8’, da segunda etapa, 2 a 1.

Os visitantes ampliaram a vantagem com o jovem atleta Marcos Leonardo, concluindo assistência de Madson, aos 31’, 3 a 1.

Quando o fim do espetáculo se aproximava o Esmeraldino diminuiu a diferença, Victor Andrade bateu bem no canto e o goleiro João Paulo não alcançou, 3 a 2, aos 39’.

Escalações

  • Santos: João Paulo, Felipe Jonatan, Luan Peres, Alison, Pará, Jobson, Diego Pituca, Kaio Jorge, Arthur Gomes, Marinho e Lucas Braga.
  • Goiás: Tadeu, Jefferson, Fábio Sanches, David Duarte, Edílson, Sandro, Breno, Daniel Bessa, Vinícius Lopes, Daniel Villalva e Rafael Moura.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Santos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!