Os três pontos contra o Fortaleza na Arena Castelão representarão muito mais do que a permanência no G-4 do Campeonato Brasileiro para o Fluminense. Se vencer o seu compromisso do próximo sábado, às 21h (de Brasília), válido pela 19ª rodada da atual edição, a equipe ficará com sua terceira melhor marca em primeiros turnos nos últimos 15 anos da competição nacional.

O recorde da equipe carioca foi em 2012. Na ocasião, a agremiação das Laranjeiras somou 42 pontos e encerrou o turno como segundo colocado. A seguir, vem a campanha de 2010, quando iniciou o returno com 38 pontos, mas na primeira posição.

Curiosamente, nessas duas temporadas, levantou a taça do principal certame do Futebol nacional.

Um fato que colabora para os bons números apresentados pelo time nesse primeiro turno é o aproveitamento de pontos em jogos como mandante. Em casa, onde atua no Maracanã, o Fluminense tem a terceira melhor campanha do Brasileirão de 2020, com 10 pontos, seis vitórias, três empates e uma derrota, um percentual de 70%. À sua frente, somente o Atlético-MG e o Internacional-RS. Como visitante, porém, o rendimento não é o mesmo. Em oito jogos, foram duas vitórias, dois empates e quatro derrotas.

Em entrevista coletiva na última quarta-feira, o zagueiro Luccas Claro atribui o momento positivo à confiança no trabalho do técnico Odair Hellmann e à vontade do elenco em atingir os resultados dentro de campo.

"Confiança é total, por isso que está dando certo. Com trabalho, está conseguindo colocar em prática tudo que tem nos passado", disse o defensor, que, no entanto, pede foco total para o ritmo não diminuir no restante da competição.

Contra o Fortaleza, o Fluminense terá três importantes desfalques: o volante Dodi e o centroavante Fred, suspensos por terem recebidos, cada um, o terceiro cartão amarelo na vitória de 3 a 1 sobre o Santos do último domingo, no Maracanã, e o meia Nenê, que, na mesma partida do final de semana, sofreu uma lesão muscular na coxa direita e não tem previsão de volta.

Marielson Silva apita Fortaleza e Fluminense

Através de sorteio realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no início da semana, ficou definido que Marielson Alves Silva, da Federação Baiana de Futebol, será o árbitro do choque de tricolores do final de semana, em Fortaleza.

Alessandro Alvaro Rocha de Matos, também da Bahia e do quadro da FIFA, e Cleriston Clay Barreto Rios, do Sergipe, serão os auxiliares.

O VAR ficará a cargo do paulista Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Em 18 rodadas, o Flu soma, no momento, 29 pontos. Já o Fortaleza, com 24 pontos, vem na oitava posição. Vale ressaltar, contudo, que o Leão do Pici tem dois jogos a menos em relação ao clube carioca.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Fluminense
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!