O Grêmio já tem sua lista de negociáveis preparada. Com a saída já confirmada de Vanderlei para o Vasco, o Tricolor ainda prepara novas estratégias para negociar com jogadores vistos como "dispensáveis" dentro do clube. São os casos, por exemplo, de Paulo Victor, Everton Cardoso e David Braz, que devem ser os próximos a deixar o clube.

Além deles, o Grêmio analisa a atual situação de Victor Ferraz, que conta com interesse de algumas equipes, mas nenhuma proposta foi formalizada. O lateral, inclusive, deve ser utilizado nos próximos jogos, uma vez que Vanderson acabou sendo diagnosticado com Covid-19 e deve estar fora de combate por pelo menos 15 dias.

Grêmio estuda negociações para evitar rescisão

Assim como aconteceu com o goleiro Vanderlei, o Grêmio deve tratar as novas negociações com os jogadores que permanecerem no elenco e que não fazem parte dos planos do clube para o restante do ano. Contudo, o Grêmio procura alternativas e tem tentado encontrar um denominador comum para não sair no prejuízo.

Entretanto, os salários altos têm afastado o interesse de adversários em jogadores como Everton Cardoso e Victor Ferraz, por exemplo. O mesmo aconteceu com Vanderlei, que tinha altos vencimentos junto ao Tricolor e aceitou um contrato de rescisão para então acertar com o Vasco por valores mais baixos do que os recebidos em Porto Alegre.

Grêmio rescinde com Vanderlei e deve fazer acordo com Paulo Victor

Grêmio e Paulo Victor já entraram em um acordo inicial para a saída do goleiro. Sabendo que não será aproveitado para o restante da temporada, o goleiro de 34 anos tem a permissão de buscar novos ares. Quase acertado com o Cerro Porteño, o goleiro por pouco não deixou Porto Alegre.

Entretanto, a proposta não agradou ao goleiro e a diretoria gremista.

Após o retorno da viagem a Quito, o Grêmio e o jogador devem fazer o acerto formal entre as partes. Segundo informações da GaúchaZH, Grêmio e Paulo Victor devem acertar uma rescisão consensual assim que o jogador conseguir uma nova equipe para atuar.

Everton Cardoso deve ser repassado pelo Grêmio

O atacante chegou do São Paulo após uma troca pelo centroavante Luciano. Contudo, enquanto Luciano deslanchou em fazer gols pelo Tricolor paulista, o mesmo não ocorreu com Everton no Tricolor gaúcho. Apesar de sua importância na final do Campeonato Gaúcho de 2020, o jogador sofreu com lesões, críticas e desconfianças.

Isso porque o jogador atua na faixa esquerda de campo, onde o Grêmio contava, à época, com Pepê, Ferreira e a recente saída do xará Everton Cebolinha. Amargando a reserva, pouco atuou e com um salário alto, o atacante deve ser repassado para outra equipe. Tanto o Fortaleza, como também o Corinthians, demonstraram interesse no jogador, mas em virtude dos altos vencimentos as negociações travaram.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!