Após uma disputa acirrada, a Mancha Verde foi eleita nesta terça-feira (5) a campeã do Grupo Especial de São Paulo. É a primeira vez que a escola ganha o título. A dona do Carnaval paulista desse ano conquistou os jurados e o público com o samba-enredo "Oxalá, Salve a Princesa! A Saga de uma Guerreira Negra!", marcado por assuntos como direitos humanos e escravidão.

A Mancha Verde foi a terceira escola de samba a desfilar na madrugada de sábado (2), quando 3 mil componentes dividiram-se em 20 alas e percorreram o Sambódromo do Anhembi.

O desfile teve início a 1h30.

Rogério Carneiro, vice-presidente da escola, disse que a vitória não poderia ter vindo em momento melhor, visto que hoje, 5 de março, é dia do seu aniversário. Já Paulo Serdan, presidente da escola de samba, agradeceu ao povo e a comunidade pelo título conquistado. "Este é o primeiro de muitos títulos que virão. Agradeço a toda a comunidade, pois sem eles não fazemos nada. A atriz Vivianne Araújo foi destaque como rainha da bateria e encantou a todos por conta do samba e da boa forma.

Em sua conta no Instagram, Vivianne comemorou a vitória e parabenizou toda a direção da escola. "É Mancha!!!! É CAMPEÃ!!! Parabéns minha mancha guerreira. Parabéns Paulo Serdan pelo lindo trabalho que foi feito!", escreveu.

A competição foi apertada do início ao fim, com a Acadêmicos do Tatuapé liderando até o último quesito. No entanto, o primeiro juiz a julgar as alegorias da escola deu a surpreendente nota de 9.8 para a Acadêmicos do Tatuapé, enquanto a Mancha Verde levou 10, nota que se repetiu com os outros três jurados.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Carnaval São Paulo FC

Assim, a agremiação, que nasceu a partir da torcida uniformizada de mesmo nome, em 1995, garantiu o primeiro título do Carnaval paulista de sua história, com 270 pontos. As escolas Dragões da Real e Rosas de Ouro ficaram com o segundo e terceiro lugares, respectivamente, com 269,9 pontos.

Vai-Vai cai para grupo de acesso

A tradicional escola de samba Vai-Vai, a maior campeã do carnaval paulistano, com 15 títulos, caiu para o grupo de acesso, juntamente com a Acadêmicos do Tucuruvi. Vai-Vai ficou em último lugar, com 268,8 pontos, e a Acadêmicos do Tucuruvi com 269,2 pontos.

No caso da Vai-Vai, o "calcanhar de aquiles" foi o quesito "Comissão de Frente". A Vai-Vai levou para a avenida as lutas do povo negro e chegou a montar um mosaico com a imagem de Marielle Franco, morta em março de 2018.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo