Uma situação lamentável tomou conta da Índia no último domingo (22). Uma mulher acabou sendo estuprada numa calçada bem movimentada da cidade de Visakhapatnam, na Baía da Bengala. Várias pessoas ficaram assistindo ao estupro e filmando sem tomarem nenhuma reação. Isso causou uma grande repercussão negativa e de repúdio nas redes sociais.

O crime aconteceu em plena luz do dia e num local de grande movimento de pessoas e carros. As pessoas que viam a cena ignoravam o crime cometido pelo rapaz de 23 anos, identificado como Ganji Silva.

De acordo com as informações do inspetor de polícia K. Suresh, Ganji é auxiliar de serviços gerais e estava bêbado no momento do estupro [VIDEO].

A vítima, que teve sua identidade preservada, estava na rua há dois dias, após brigar com o marido. Ela estava fraca devido não ter se alimentado e dormia na calçada, embaixo de uma árvore para se proteger do sol.

O policial se surpreendeu com a reação das pessoas em não fazer nada e deixar o estupro [VIDEO] acontecer. A sorte da mulher é que algumas testemunhas tomaram iniciativa e chamaram a polícia. O estuprador ficará preso até o julgamento. Não foi comentado sobre o estado de saúde da mulher.

Turistas apedrejados

Outro caso de violência sem reação dos espectadores chamou a atenção. Um casal de turistas da Suíça também passou um grande sufoco em uma viagem para a Índia. Eles foram emparedados por homens que queriam tirar foto da mulher. O marido não gostou e eles tentaram se safar, quando foram atacados.

O caso aconteceu no mesmo dia do estupro dessa mulher nesse local movimentado. Porém, os turistas foram intimidados numa região próxima ao famoso Taj Mahal.

Os homens queriam tirar foto da mulher e, ao serem barrados, começaram a encurralar os dois e apedrejar o casal. Eles tentaram fugir, mas não adiantou e por pouco não morreram. O homem ficou com coágulo de sangue no cérebro e sofreu fratura no crânio, enquanto a mulher teve um braço quebrado.

Sem ajuda

Comparando com o caso da mulher estuprada na calçada por um bêbado, ninguém ajudou o casal após estar todo ensanguentado e clamando por piedade. Segundo os próprios turistas, as pessoas ficavam olhando e tirando foto da situação triste deles.

A polícia conseguiu prende um dos homens e já tem informação do paradeiro dos outros. A Índia, mesmo tendo esses casos de gravidade no país, tem aumentado o número de turistas com o passar dos anos. Conforme dados do governo, em 2016 houve um aumento de 9,7% frente o ano anterior.

Resta entender apenas porque que os crimes cometidos ainda são tratados com descaso pela população, que ignora fatos que acontecem embaixo de seu nariz.