Perder uma pessoa que se ama é uma das dores mais contundentes que um ser humano pode sofrer. Muitas vezes, amigos e entes queridos partem e deixam a eterna saudade para aqueles que ficaram. Enfrentar a morte não é tarefa fácil e é um momento bastante delicado, agora imagina receber a notícia do falecimento de sua esposa e ao se encaminhar para o necrotério do hospital para ver o corpo da pessoa amada, se deparar com um enfermeiro molestando sexualmente o cadáver da sua mulher? Uma cena digna de um filme de terror macabro, concorda? Mas isso aconteceu, saiba mais.

De acordo com o portal de notícias do jornal 'Extra', um enfermeiro identificado como Grover Macuchapi Calle, de 27 anos, foi preso por ter sido flagrado abusando sexualmente do corpo de uma mulher de 28 anos, que tinha acabado de falecer em um hospital da cidade de La Paz, capital da Bolívia.

Flagrante

Segundo os jornais El Ciudadano e o La Prensa, o marido da jovem mulher seguiu até o necrotério do hospital para se despedir da amada esposa, quando se deparou com o enfermeiro molestando sexualmente a mulher que havia falecido apenas uma hora antes.

Chocado [VIDEO] e revoltado com a cena que acabara de presenciar, ele acionou a Polícia e o enfermeiro acabou preso em flagrante. O crime aconteceu na última segunda-feira (16), o enfermeiro foi duramente agredido pelo marido da jovem morta antes de ser preso e levado pela polícia.

Depoimento

Em depoimento, Grover Macuchapi disse à polícia que não se lembra do que aconteceu e porque violentou o corpo da mulher no necrotério. Segundo Macuchapi, ele estava em transe, como se estivesse vivendo um sonho e que por isso não tomou tal atitude conscientemente.

O homem vai responder por violação do corpo e atos obscenos de acordo com a leis vigentes [VIDEO] na Bolívia que tratam de casos de Necrofilia.

Necrofilia

O desejo sexual por cadáveres é motivo de estudo já há muitos e muitos anos. O termo necrofilia é usado para distinguir o uso de cadáver como um objeto sexual. Nestes casos, ocorre uma excitação sexual diante da visão ou do contato com um corpo e/ou cadáver.

Casos de necrofilia aparecem na história da humanidade desde os tempos mais remotos, ainda hoje essa prática é comum e até mesmo sacralizada em algumas tribos africanas e asiáticas, porém, em algumas localidades do ocidente, também é considerado como um costume cultural.

Qual a sua opinião sobre a necrofilia? Deixe sua opinião nos comentários, ela engrandece nosso trabalho.