Toda mulher, ao completar certa faixa etária, passa pela menarca, que é a primeira menstruação. Com o desenvolvimento do corpo e a liberação dos hormônios estrogênio e progesterona, a mulher desenvolve suas características femininas e várias novidades em seu corpo tem que ser encaradas logo cedo. A menstruação é algo natural e que incomoda as mulheres por muito tempo. Com o período menstrual, vem as cólicas, dores e mudanças de humor nada agradáveis para a mulher.

Mulher que se intitula curandeira acredita que beber seu sangue menstrual faz bem à saúde

Uma mulher tem chamado bastante atenção na internet, por divulgar informações de que a energia corporal pode ser restaurada ao se ingerir seu próprio sangue menstrual.

O nome dela é Nadine Lee, de 30 anos de idade, nascida na Austrália, mas atualmente moradora da Indonésia. Nadine tem encorajado as pessoas a acreditarem que isso é um ato natural e que se todas adotassem essa prática, a saúde das pessoas seriam bem melhor.

A mulher explica ao jornal The Sun que ao ingerir o sangue menstrual as mulheres podem ter mais energia e também fará com que despertem o centro espiritual que há nelas. Ela também enfatizou que há outra maneira de se energizar. A mulher pegaria seu sangue menstrual e derramaria na terra, como se tivesse regando o solo, e assim a mãe natureza faria o resto da energização.

Para Nadine, tudo na vida da mulher que pratica essa rotina será mudado, as conexões do corpo e da terra estarão mais fortes e seus relacionamentos, família, carreira e tudo mais estará em sincronia.

Nadine e sua radical mudança de vida

Antes de mudar radicalmente de vida, ela era uma publicitária e resolveu transformar-se para se livrar do estresse e ir em busca de paz e tranquilidade no campo da natureza. Ela conta que tudo que usa para se medicar hoje é feito por meio de energização. E foi essa força que a fez conhecer a utilidade do sangue menstrual para a vida.

Nadine conta que antes de tomar o sangue ensina as mulheres sobre seu corpo e energia. Embora ela relate que mulheres com um período menstrual forte não podem ingerir grande quantidade por ser algo tóxico.

Nadine tem certeza de que o que ela descobriu é útil para as mulheres e hoje em dia ela faz palestras e oficinas para ensinar sobre essa crença.

Ela crê que o sangue menstrual é algo que irá fortalecer a mulher, e descartar seria como se estivesse desperdiçando a própria energia.

Não perca a nossa página no Facebook!