2

A russa Svetlana Topol, de 27 anos, que lecionava Gramática em uma das escolas mais importantes da cidade de São Petersburgo, a segunda maior cidade da Rússia, teve de dar adeus ao se cargo de professora pelo fato de que alguns alunos descobriram sua identidade secreta. Svetlana era também atriz de filmes adultos [VIDEO].

O grupo de alunos [VIDEO] que descobriu a profissão secreta da professora enviou anonimamente um e-mail contendo links de filmes para administradores, professores e outros alunos da Escola. Segundo os responsáveis pela escola o tema dos vídeos recebidos por e-mail da professora continham sempre um ambiente acadêmico, sendo ela protagonista no papel da aluna que mantinha relações com o professor.

A professora [VIDEO] russa não apresentava indícios de que teria uma outra profissão.

Apesar de muitos pais de alunos ficarem ao lado de Svetlana e não acharem que ela deveria ter sido punida, mostrando gostar do trabalho da professora, que era também treinadora das líderes de torcida e que segundo eles era uma educadora respeitada e dedicava seu tempo a ajudar cada um de seus alunos, Topol foi suspensa de seu cargo.

Svetlana é casada e seu marido sabia dos vídeos produzidos, sendo eles em sua maioria gravados nos anos de 2010 e 2011. Para não ser descoberta, como atriz ela utilizava os nomes Kristy Aurelia, Ariel, Maria, Maud e Christie. Ela gravou em sua carreira cenas para diversas produtoras e sites adultos.

Outras atrizes do mercado adulto que também eram professoras:

  • Resa Woodward, conhecida como Roby Foster, professora de ciências na escola feminina 'Young Women’s STEAM Academy' do Texas nos Estados Unidos, foi despedida depois de descobrirem sua carreira paralela de mais de 10 anos. Ela trabalhou entre os anos de 2001 e 2004 protagonizando cerca de 16 cenas. Foster alegou na época que foi forçada a entrar no ramo adulto por conta de problemas financeiros e coagida por um companheiro.
  • A americana Nina Skye foi professora em uma escola e creche cristã. Assim como Topol também foi obrigada a sair de seu cargo pelos administradores da escola onde trabalhava.
  • Na República Tcheca uma professora foi suspensa ao descobrirem um vídeo de teste seu para entrar no mercado adulto. Os alunos divulgaram o vídeo nas redes sociais e logo a direção ficou sabendo do conteúdo impróprio.
  • A brasileira Gisele Barbosa, renomada atriz nacional conhecida como Patrícia Kimberly, foi aluna do curso de Tradução e Intérprete em uma faculdade de São Paulo e trabalhava como professora de inglês antes de entrar para o mercado de filmes adultos. Ela optou deixar o cargo de professora para seguir a nova carreira.