Esse é um assunto que causa desconforto quando se tem que decidir para onde ir. Bate a indecisão e medo se vai demorar muito pra ser um cidadão Italiano, se o dinheiro irá ser o suficiente para o tempo que pretende ficar lá, se irá acertar ou errar nessa decisão. Mas não se assuste! Isso acontece com todos os que estão na busca de reconhecimento da cidadania, seja ela sozinha ou com assessoria.

E como escolher a cidade para fazer o reconhecimento da cidadania italiana?

Há alguns pontos a serem pensados:

  • Primeira coisa, evite cidades grandes, escolha cidades pequenas e não muito conhecidas. Mas o que isso influencia? Cidade grande é populosa, isso significa que o Comune dessa cidade terá mais procuras, mais serviços que uma cidade menor.
  • As chances de ser um cidadão italiano em menos tempo é maior do que em uma cidade grande.
  • Se você sabe alguma cidade que tem muitas assessorias trabalhando ali, evite! Em geral, as assessorias não falam o nome da cidade em que você vai antes de você assinar o contrato com ela, isso porque eles querem evitar mais pessoas com interesse nesse mesmo Comune, afinal quanto menos tiver mais rápido sai o processo da cidadania, por isso a vantagem de escolher uma cidade pequena e não muito conhecida/procurada por brasileiros.

Isso também é vantajoso não só no tempo que levará seu processo como também para o seu bolso, pois cidades pequenas costumam ter aluguéis mais baratos, mercados mais em conta, você conseguirá fazer tudo a pé ou de bicicleta, sem ter que gastar com trens, metrô e ônibus.

Pesquise sobre as regiões da Itália:

  • Saiba que na região Norte da Itália é mais fria que a região Sul, e que o Sul tem o clima com invernos suaves e verões quentes.
  • Então estabeleça alguns critérios pessoais, como por exemplo; se deseja cidade que neva, ou com um tempo mais agradável, cercada de montanhas, mais perto do mar. Enfim, veja quais são suas preferências e coloque tudo no papel.

Residência na Itália

A residência é outro ponto a se pensar.

Pois isso, é o mais difícil de encontrar. Geralmente para se alugar uma casa ou apartamento por imobiliária, precisa comprovar renda. Isso é, seu último holerite de trabalho, mas como você apresentará isso se não estará mais trabalhando? Outro fator é o tempo de aluguel que varia de imóvel para imóvel, podendo ser contratos de um ano ou mais, e, às vezes, você só quer pegar a sua cidadania e mudar de cidade ou país.

A melhor opção é procurar aluguel particular direto com o dono do imóvel, e acredite, isso é possível. Há variados anúncios de alugueis nos próprios imóveis, por isso, quando chegar na Itália, ande! Ande muito, procure, não desista! E explique o real motivo pelo qual está aqui, e se sua intenção for ficar menos de um ano no imóvel explique tudo.

Uma coisa que tem em comum no aluguel com Imobiliária e particular é a caução, mas isso vai depender de lugar para lugar, podendo ser 1 mês do valor do aluguel até 4 meses.

Há um grupo no próprio facebook que poderá te ajudar bastante: Cidadania italiana - Área livre

Lá, várias pessoas com o mesmo propósito que você, trocam experiências e informações, algumas pessoas que fizeram o processo colocam o nome da cidade e o tempo que levou, então ficar atento e por dentro das postagens deste grupo te ajudará e muito.

Outra opção é se hospedar em Residence.

O Residence, é como se fosse um hotel, com apartamentos com banheiro, quarto podendo ser a cozinha junto ou separado, mas isso muda de Residence pra Residence, não é a opção mais barata, mas é cômoda. Pois você pode ficar por poucos meses.

Para ajudar a decidir a cidade, comece a procurar imóveis para alugar em alguns sites como: Subito, Immobiliare e Affitto. Coloque a cidade que deseja, o valor máximo que está disposto a pagar e o site mostrará as opções encontradas.

Com isso, terá uma base de valor de aluguel que encontrará nessa determinada cidade, e conseguirá ter uma ideia se tem poucas ou muitas opções.

Outra opção é alugar quartos, onde a pessoa pode te dar residência. Existe um grupo no facebook só disso: (Alugo; Casa/Quarto) Dupla Cidadania!

Próximo passo

Depois de ter procurado e escolhido algumas cidades que você gostaria de viver, comece entrar em contato com os Comunes, envie e-mails perguntando qual é o procedimento nesse Comune, o tempo que se emprega para o reconhecimento da cidadania italiana, se fazem esse processo, visto que algumas nunca fizeram então pergunte, certifique-se si fazem e quais os documentos necessários. Se já sabe e tem os documentos em Italiano, envie para que eles possam ver se será aceito da forma que está ou se tem algo a ser alterado.

Coloque os prós e os contras de cada cidade escolhida por você.

Fazendo isso com certeza ficará tudo mais claro para a sua decisão.

Conclusão

Fazer o processo sozinho é possível mais tenha em mente que precisará falar italiano ou ter um intérprete.

Os italianos são muito grossos e não tem paciência em ajudar e entender, claro que isso não é de modo geral mas a grande maioria infelizmente é assim aqui.

Coloque em média 3 meses que é o tempo que normalmente leva para o fim do processo, mas venha preparado porque pode ser menos como pode ser mais tempo, tudo depende da época que você vem e com as férias que o funcionário tem.

Uma dica: não venha fazer seu processo em agosto que é férias geral na Itália e nem no final do ano, que não se trabalha por conta do Natal e fim de ano então isso acaba atrasando um pouco mais seu reconhecimento.

Não perca a nossa página no Facebook!