A tripulação de um voo da American Airlines que ia de Miami, na Flórida, a Detroit, em Michigan, expulsou uma família que voltava das férias, após receberem reclamações de passageiros que relataram que o casal e a filha de um ano estavam com odor corporal ruim.

A família saiu de férias e decidiu viajar, compraram as passagens aéreas com destino a Miami e embarcaram normalmente no avião. Tudo estava correndo bem, até que na Viagem de volta eles foram abordados e retirados da aeronave.

Sem entender o que acontecia, saíram prontamente e quiseram saber o que estava acontecendo.

Na última quarta-feira, dia 23, o casal Yossi Adler e Jennie e a filha deles, de 19 meses, foram expulsos do avião. A American Airlines, em um comunicado oficial à FoxNews, disse ter solicitado para que a família fosse retirada do avião por seus funcionários, e que os mesmos estavam preocupados com o bem-estar e conforto dos outros passageiros. Eles afirmam que essa decisão só foi tomada devido às grandes queixas de passageiros e até mesmo de tripulantes.

A companhia aérea também disse que a família foi levada a um hotel, para que assim descansassem e se alimentassem até o dia seguinte, quando o voo no qual foram realocados sairia rumo a Detroit. No entanto, a família deu outra versão dos fatos à imprensa.

Versão dos envolvidos

Segundo o pai, os três foram escoltados para fora da aeronave, na frente de todos os outros passageiros, e só após descerem foram informados do motivo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Relacionamento Curiosidades

Ele revelou também que assim que fecharam o portão, pediram desculpas pelo ocorrido e que alguns passageiros estavam reclamando do mau odor que estavam exalando e que, por isso, não seriam aceitos de volta no mesmo voo, tendo, então, que aguardar o dia seguinte para seguirem viagem a Detroit.

A família também foi avisada sobre a sua bagagem, que seria retirada do avião e devolvida a eles em seguida, mas Yossi disse que não foi isso o que aconteceu e que ficaram apenas com a roupa que usavam no momento que foram expulsos do voo.

Indignado, Yossi disse que ainda esperava por mais explicações por parte da empresa sobre todo o ocorrido, e que essa foi uma situação embaraçosa e vergonhosa. Afirmou ainda que ao chegar ao aeroporto, ele parou algumas pessoas e lhes perguntou se estavam cheirando mal e que essas mesmas pessoas teriam negado o fato. Yossi então explicou para essas pessoas o motivo de serem expulsos do avião foi o odor corporal que saía deles.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo