Anúncio
Anúncio

Chad Mock, mais conhecido como Cheddar, estava em seu carro, preparando-se para fazer a curva em uma movimentada avenida em Mankato, Minnesota, quando se deparou com a cadeirinha e uma criança de 2 anos de idade caídas no meio da rua.

Ele parou o carro, socorreu a criança e postou em seu Facebook: "se não tivesse acontecido na minha frente, eu não acreditaria", adicionando em seguida um emoticon com cara de bravo. "A criança estava ok e os pais voltaram. Os paramédicos e a polícia checaram e a criança estava bem", continuou a legenda em sua postagem. Ele finalizou, dizendo ter sido "muita sorte" que tudo tenha acontecido dessa forma.

O incidente foi todo registrado pela câmera frontal de Mock bem perto do meio-dia, nessa segunda-feira (14), em Minnesota Street, nas cercanias de Minneapolis.

Anúncio

No vídeo, um carro prata em frente ao caminhão de Cheddar segue em velocidade numa curva próxima a uma mercearia, nas redondezas, a porta do carona atrás do motorista abre repentinamente e a criança cai juntamente com a cadeirinha no meio da rua. A criança, que estava amparada pelo cinto da cadeirinha, vestia um casaco cor de rosa e apresentava uma expressão muito confusa no rosto, segundo Chad.

Após isso, a garotinha de 2 anos senta, coloca os dois braços para cima e acena, tentando chamar a atenção do motorista que vinha na sequência, mas ele aparentemente não vê e passa ao lado da criança, que continua correndo risco.

A salvação da criança

Nesse momento, Mock corre na direção da criança e vários carros param e abrem suas portas para ajudar no resgate.

Anúncio

O acidente foi similar a um outro acontecido na cidade, quando um motorista de ônibus teve a mesma atitude de Cheddar e parou para salvar uma criança que estava também no meio da avenida movimentada, andando sem rumo. O motorista parou e levou a criança para dentro do ônibus. A mãe da criança, à época, disse estar sofrendo de problemas mentais.

O Departamento de Segurança de Mankato disse que a criança estava atada ao cinto de segurança da cadeirinha, mas o assento e a porta do veículo não estavam em perfeito estado, oferecendo pouca segurança na curva em velocidade. O vídeo de Mock ajudou a chegar a essa conclusão, dentre outras investigações.

Os oficiais não disseram o nome da mãe da criança e também não relataram à imprensa por que ela não notou que a criança havia sido projetada para fora do carro.

Anúncio

Investigações para descobrir os detalhes continuam sendo feitas pela polícia local e Departamento de Segurança.