Uma mãe passou por uma situação muito delicada. Segundo informações publicadas no site americano Slate, ela descobriu que sua filha estava sendo amamentada por uma funcionária da creche onde deixa a bebê. A moça, que não teve o nome revelado, adotou uma pequena menina. A bebê fica na instituição para que ela possa trabalhar e manter o sustendo da casa.

Ela deixa sua filha nessa creche já tem dois meses. A mãe adotiva não tem como amamentar a criança, mas ela não espera que uma outra pessoa, sem sua autorização, estivesse fazendo isso.

A mãe ainda relata que logo no primeiro dia passou por um grande constrangimento quando uma funcionária da creche questionou o que ela dava de comer para a própria filha.

A moça ficou completamente indignada com o comentário, mas preferiu relevar e não criar um clima de tensão diante desse momento delicado. Como ela havia gostado muito da creche, definiu que era ali mesmo que sua filha iria ficar.

Então, em um determinado dia ela foi buscar sua bebê na creche. Para entrar no estabelecimento a mamãe decidiu entrar pela porta dos fundos.

Essa é uma porta muito utilizada pelos pais dos alunos que ficam na creche. Foi então que ela teve uma grande surpresa. Uma funcionária da creche estava amamentando sua filha.

Então ela solicitou que a funcionária parasse o que estava fazendo. A empregada da creche chegou a dizer a essa mamãe que ela deveria se sentir grata, pois como ela estava amamentando a bebê, a criança estaria livre de produtos químicos em alimentos que a mãe dava para a filha.

A mãe da criança foi orientada a procurar um advogado e tomar as medidas judiciais cabíveis em relação a esse tema tão delicado.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Amamentação cruzada

É muito importante frisar que os pediatras não aconselham a amamentação cruzada. Acontece que nessa atitude que parece completamente "inofensiva", existe um grande risco de alguma doença ser transmitida para a criança ou vice e versa. Ainda vale ressaltar que a amamentação cruzada só deve acontecer em casos extremos, como por exemplo em grandes tragédias em que não existe outra opção de amamentar a criança. A melhor opção é doar o leite materno.

Doação de leite humano

Uma ótima opção para mulheres que estão com excesso de produção de leite humano é fazer doações para os "bancos de leites".

Nesse local o leite é verificado através de um rigoroso processo de qualidade antes de alimentar os bebês. Nesse processo de qualidade o leite materno é pasteurizado antes de ser oferecido a uma criança. Um pote que contém apenas 300 ml de leite é o suficiente para alimentar 10 bebês por dia.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo