Uma bebida energética fabricada na África tem dado o que falar entre os consumidores. Tamanha a popularidade e os efeitos supostamente causados pela mesma, como ereção prolongada, que a bebida foi retirada das prateleiras de supermercados na Zâmbia.

Energético é retirado do mercado

Após uma série de depoimentos e relatos de efeitos colaterais um tanto quanto inesperados em seus consumidores homens, a bebida Natural Power SX Energy Drink teve suas vendas interrompidas nas prateleiras de estabelecimentos comerciais.

A suspeita de que havia algo errado no produto fabricado e vendido como energético começou a circular em janeiro deste ano, após diversas publicações por meio de internautas nas redes sociais sugerirem que a bebida tivesse sua fórmula misturada a remédio para disfunção erétil.

Consumidores reclamam de período de longa ereção

Após muitos consumidores enviarem uma série de mensagens na internet questionando e expondo suas dúvidas sobre os reais ingredientes utilizados na composição do produto e deixarem seus depoimentos sobre o que lhes ocorreram após o consumo do energético, diversos novos clientes que faziam uso da bebida passaram a enviar seus relatos.

Um dos consumidores utilizou as redes sociais para revelar que a bebida lhe causou uma ereção de seis horas, além de picos de sudorese excessiva.

Droga para disfunção erétil é encontrada na fórmula

No rótulo da embalagem do produto é possível ver a afirmação que a bebida pode "aumentar a libido" e atuar como um "afrodisíaco".

Segundo o site Lukasa Times, uma análise realizada em um laboratório da África do Sul identificou na composição da bebida uma grande quantidade de citrato de sildenafila, uma droga utilizada em remédios para disfunção erétil.

Ainda segundo a pesquisa, cada 250 ml da bebida contém cerca de 68,5 e 71,3 miligramas de citrato de sildenafila, dose demasiadamente alta, considerando que é recomendado apenas a ingestão de 50 mg, até que os homens identifiquem sua tolerância.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Relacionamento Saúde

Além de causar ereção prolongada em homens, o energético oferece diversos riscos a mulheres e crianças, que podem ter consumido a bebida também.

Por conta de sua composição, a bebida foi proibida de ser comercializada na Zâmbia, e, mesmo assim, a procura pela mesma aumentou significativamente em outros lugares do mundo após testes laboratoriais comprovarem seus efeitos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo