Na manhã desta terça-feira (16), madrugada no horário de Brasília, os bombeiros conseguiram controlar as chamas e combater o incêndio que atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris. As primeiras informações fornecidas indicam que a estrutura das torres foram preservadas, no entanto, o fogo derrubou a flecha que fica localizada no ponto mais alto da estrutura e grande parte do telhado foi reduzido a cinzas.

De acordo com informações do UOL, o incêndio foi totalmente extinto, segundo Gabriel Plus, o representante do corpo de bombeiros de Paris.

Durante a entrevista, ele afirmou que existe a possibilidade de haver focos residuais, mas cerca de cem oficiais dos bombeiros continuarão trabalhando durante todo o dia. Além de combater o incêndio e preservar a estrutura do local, sua missão também é remover com a ajuda de especialistas obras de artes que não puderam ser extraídas do prédio durante o incêndio.

Calcula-se que o fogo atingiu aproximadamente 1.000 m² da estrutura do telhado. O objetivo principal dos bombeiros era manter as torres sul e norte preservadas, e tiveram êxito, acrescentou o porta-voz.

Laurent Nuñes, secretário de Estado do Interior, também falou em uma coletiva de imprensa improvisada que a preocupação no momento é o edifício, sobre como a estrutura vai responder ao incêndio. Ele explicou que tinha solicitado uma reunião com peritos às 8h para saber sobre os riscos e se o edifício possui estabilidade para um possível acesso ao seu interior com o objetivo de seguir com o trabalho.

Como o incêndio começou?

Por volta das 18h50 no horário local (13h50 no horário de Brasília), o fogo se alastrou na parte superior da catedral e rapidamente alcançou o telhado e teto com mais de cem metros de comprimento, que foi inteiramente consumido pelas chamas.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Literatura

Os bombeiros afirmaram que o incêndio se iniciou a partir das obras e consideram o ocorrido como um acidente ao abrir uma investigação judicial por "destruição involuntária".

Ainda segundo informações do UOL, o fogo se transformou rapidamente em uma grande nuvem de fumaça, que podia ser vista a quilômetros do local. Em aproximadamente uma hora as chamas derrubaram o ponteiro com cerca de 93 metros de altura, um ícone de destaque do monumento. Ao ver a cena, uma multidão que se aproximava ao redor da catedral gritava horrorizada.

Rapidamente, cerca de 400 bombeiros chegaram ao local equipados com mangueiras e descartaram a possibilidade do uso de aviões tanque para impedir que a pressão da água prejudicasse ainda mais a estrutura do edifício. Um dos oficiais do corpo de bombeiro ficou levemente ferido, no entanto, não foi relatado nenhuma morte por causa do incêndio.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo