Um caso inusitado e trágico ocorrido no Peru ganhou destaque na imprensa em todo o mundo nos últimos dias. Na madrugada de sábado (3), câmeras de segurança flagraram um casal que trocava carícias em uma ponte na cidade de Cusco caindo de uma altura de cerca de 15 metros. O vídeo com as imagens viralizou nas redes sociais.

Beijo da morte

Os namorados, identificados como Maybeth Espinoza Flores, de 34 anos, e Hector Yulino Vidal López, de 36, haviam acabado de sair de uma boate.

Ao passarem pela ponte, eles pararam para trocar beijos e abraços.

Em um certo momento, Maybeth senta-se no guarda corpo da ponte, envolveu Hector com suas pernas na altura da cintura do homem e puxou-o para beijá-lo novamente. A mulher então se desequilibrou e caiu da ponte, levando consigo o namorado. Os dois chegaram a ser socorridos, porém, os paramédicos constataram que a mulher teve morte instantânea, devido à gravidade dos ferimentos.

Hector foi encaminhado ao hospital mais próximo, mas já chegou morto na unidade de saúde.

Maybeth e Hector eram bastante conhecidos na região e trabalhavam como guias turísticos nas trilhas das montanhas andinas peruanas.

Selfies fatais

A fatalidade que levou a vida deste casal lembra muito as tragédias provocadas na busca de uma foto perfeita. Infelizmente, casos de mortes no momento em que as pessoas se preparam para tirar uma selfie estão se tornando cada vez mais comuns.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Televisão

Na tentativa de conseguir uma imagem única para compartilhar nas redes sociais as pessoas se colocam em posição de grande risco e acabam perdendo a vida de maneira trágica.

Um jovem de 21 anos perdeu a vida ao tentar tirar uma selfie neste ano. Ele voltava com alguns amigos da balada e, ao chegar na estação de trem Riachuelo, localizada na zona norte do Rio de Janeiro, resolveu tirar a foto, pendurado do lado de fora da passarela que passava sob os trilhos.

De acordo com testemunhas, ele levou um choque na grade externa da passarela e caiu, batendo a cabeça nos trilhos. O rapaz morreu no local.

Em agosto de 2014 um casal de poloneses fazia uma viagem turística a Portugal. Eles resolveram então registrar o momento em que visitavam os penhascos do litoral daquele país. Quando se preparavam para tirar a foto, acabaram se desequilibrando e caíram no mar.

Ambos morreram.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo