Até o momento, a tempestade Elsa, que atingiu Espanha, Portugal e França, já fez nove vítimas. Uma das vítimas até o momento foi um pescador de 30 anos de idade, e aconteceu na manhã do último domingo (22), na Catalunha, nordeste da Espanha. O homem estava pescando em Girona, quando foi atingido pela tempestade. Ele caiu no mar no momento e foi arrastado por uma onda gigante, e acabou morrendo após isso. Segundo foi apontado pelo jornal El País, outros dois pescadores que estavam próximos ao local do acidente se jogaram na água para poder ajudar, mas não obtiveram sucesso.

A agência de notícias Deutsche Welle relatou que aconteceram outras duas mortes em Portugal e sete na Espanha, que foi o país mais afetado no momento. No país, mais de 118 mil famílias acabaram ficando sem eletricidade nas regiões que foram mais afetadas pela tempestade em questão.

Foi relatado pela agência de notícias France Press que o serviço de telefonia que atende emergências na Catalunha chegou a receber cerca de 1.200 chamadas que tinha relação com os efeitos que foram causados por ventos provenientes da tempestade.

Alguns destes efeitos foram devido a árvores que caíram pelo local e também por danos sofridos no mobiliário urbano ou até mesmo em telhados de casa. As informações foram dadas por autoridades do local aos jornais.

No momento, a região ainda permanece em alerta, devido a uma outra tempestade que está passando pelo local, Fabien. Até o momento ela chegou a atingir uma boa parte do oeste da Europa no último sábado (21).

Os meteorologistas, no entanto, informaram que a tempestade Fabien vai ser de curta duração. Por mais que demonstre uma curta duração, a preocupação no momento agora é devido aos fortes ventos que foram apresentados. Os ventos em questão podem atingir até mesmo cerca de 140 km/h em áreas mais montanhosas da região.

Vítimas das tempestades

Uma outra vítima dos fortes ventos da tempestade morreu em Madrid.

A situação aconteceu devido à queda de uma parte da marquise do centro da cidade, devido à força dos ventos. O El País informou que os ventos no local podem chegar em algumas regiões até mesmo a 100 km/h. Na região costeira, as autoridades responsáveis também registraram mortes por afogamento. As vítimas acabaram sendo carregadas pela forte enxurrada de algumas partes da Espanha.

O Jornal de Notícias, de Portugal, informou que socorristas conseguiram realizar o resgate de três homens que estavam tentando atravessar o rio na cidade do Porto com um jipe. Também em Portugal, outro homem acabou sendo vítima de um acidente rodoviário devido à queda de uma árvore que aconteceu no local e outro morreu vítima de um desabamento de uma casa.

Siga a página Tendências
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!