Mollie Fitzgerald, de 38 anos, atriz que deu vida a uma das garotas Stark do filme “Capitão América: O Primeiro Vingador”, de 2011, foi presa nesta terça-feira (31) suspeita de ter matado a facadas a própria mãe, Patricia Fitzgerald, de 68 anos. As informações foram divulgadas pelo jornal local Entertainment Weekly.

De acordo com o jornal, o corpo da mãe da atriz foi encontrado sem vida no dia 20 de dezembro, em sua casa na cidade de Olathe, no estado americano do Kansas.

A atriz continua detida sob fiança de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 2 milhões) e deverá ir ao tribunal nesta quinta-feira (2).

Segundo o portal Terra, a Polícia se deslocou para o local para atender a um chamado de tumultuo, mas chegando lá se deparou com o corpo de Patricia.

Gary Hunziker, tio da atriz, conta ao Kansas City Star não saber quais os detalhes que levaram à morte de sua irmã. “Nós ficamos chocados”, contou ele, que completa dizendo que, independentemente das circunstâncias, o que importa é a “perda de uma irmã”.

A última atuação de Mollie Fitzgerald foi no longa “Trouble Is My Business”, em 2018. Além de ser atriz, Mollie também trabalha como diretora e produtora em algumas produções independentes, como, por exemplo, a “The Lawful Truth”, o curta “The Creeps” e o documentário “Fireball”.

Gloria Perez relembra morte da filha

Gloria Perez foi às redes sociais para relembrar a morte de sua filha Daniella Perez. A filha de Gloria, que era atriz, foi assassinada por seu colega de trabalho Guilherme de Pádua e sua então mulher, Paula Thomaz. O assassinato ocorreu no dia 28 de dezembro de 1992, há 27 anos. Hoje, Daniella estaria com 49 anos.

Para recordar da filha, a autora de novelas compartilhou um vídeo da filha dançando com um gato.

Na legenda do vídeo, Gloria prestou uma homenagem. Escrevendo a data exata da morte da atriz, a autora disse que aquele foi um dia que não para de doer. “Nossa casa já foi assim”, disse Gloria, esclarecendo em seguida: “só música, dança e alegria”.

Após a homenagem, diversos artistas fizeram questão de também prestar suas homenagens, dando declarações de apoio a Gloria Perez. Nos comentários do vídeo, a atriz Marisa Orth disse sempre se lembrar de Daniella, daquela época e também dos “monstros”.

Elizabeth Savala diz que quem é mãe não sabe nem o que dizer sobre a perda de um filho. “Nem imagino sua dor”, escreveu o ator Silvero Pereira, que completou pedindo que “Deus traga força e paz” para a escritora.

Na época, depois de terem armado uma emboscada para a atriz, Guilherme Pádua e sua companheira assassinaram Daniella a golpes de tesoura.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!