Um caso que chocou a população, ocorreu em uma fazenda na cidade de Khatima, na Índia. Na última quarta-feira (11), um bebê foi encontrado enterrado vivo e resgatado logo depois. Os responsáveis por enterrar o bebê ainda são desconhecidos, assim como o tempo que ele permaneceu sob a terra.

Resgate

Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, um trabalhador local encontrou a criança enterrada, imóvel, apenas com a cabeça para fora e com a ajuda de outros moradores locais conseguiu efetuar o resgate. O recém-nascido foi enterrado em buraco raso, e de acordo com os relatos, em sua volta havia pedras, sujeira e raízes.

Imagens impressionantes do resgate foram postadas nas redes sociais. Além do ambiente e a forma terrível de como o bebê foi encontrado, é possível observar que os responsáveis pelo resgate tiraram barro e lama da boca da criança e que pareciam já estarem secas. No momento do resgate o bebê não apresentava nenhum tipo de reação e parecia estar realmente morto. Sem responder aos estímulos realizados pelas pessoas à sua volta, a criança foi enrolada com um pano no intuito de que conseguissem aquecê-la.

Após efetuar o resgate e os primeiros cuidados, os trabalhadores acionaram uma ambulância e encaminharam o bebê para um hospital onde receberia cuidados médicos.

Atendimento médico

O recém-nascido foi encaminhado para um hospital civil.

De acordo com o jornal local Amar Ujala, o quadro de saúde da criança é considerado estável e ele encontra-se sob os cuidados de Amit Bansal, médico pediatra da instituição de saúde.

O pediatra concedeu uma entrevista ao jornal local, onde relatou que foi encontrada lama dentro da boca, nariz e inclusive orelhas da criança.

O bebê não respondia aos estímulos justamente porque a lama a impedia de respirar normalmente, bloqueando as vias respiratórias.

Apesar das dificuldades apresentadas em seu quadro de saúde quando deu entrada no hospital civil, o médico pediatra relatou que o recém-nascido encontra-se estável, pois está respondendo bem aos tratamentos e melhorando pouco a pouco.

Investigações

O caso, que chocou a região e as redes sociais principalmente pelo forte impacto causado pelas imagens registradas no momento pelos populares, continua sendo um grande mistério. Não existem suspeitos e aparentemente nenhuma testemunha de quem possa ter sido o responsável por tamanha atrocidade. No entanto, de acordo com informações fornecidas pelo próprio médico responsável pelo tratamento do bebê, as autoridades já inciaram as investigações no intuito de identificar os responsáveis e obter mais detalhes sobre o crime.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!