O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª, do Reino Unido, faleceu nesta sexta-feira (9), aos 99 anos, informou pela manhã o Palácio de Buckingham. O duque de Edimburgo completaria 100 anos no próximo mês de junho.

No último mês de fevereiro, o duque teve problemas de saúde e, ao passar mal, acabou sendo internado por precaução. Na oportunidade, acabou sendo transferido de unidade médica e precisou passar por uma cirurgia no coração. O príncipe Philip recebeu alta cerca de um mês após o ocorrido.

Casado com a rainha Elizabeth 2ª desde 1947, sendo o mais longo matrimônio da história da família real britânica, Philip não tinha direito a se tornar rei do Reino Unido.

Durante as mais de sete décadas no coração da família real britânica, o príncipe Philip construiu sua reputação baseada na seriedade, mas também nas tendências em cometer gafes. "É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anuncia a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo", informou, em nota, o Palácio de Buckingham ao anunciar a morte do marido da rainha.

Ainda de acordo com a nota, o duque de Edimburgo faleceu de forma tranquila na manhã desta sexta-feira, no Castelo de Windsor, onde residia. Segundo o protocolo adotado pelo Palácio de Buckingham, novas informações serão repassadas para a imprensa ao longo do dia. A causa da morte, porém, não foi informada.

Casamento de príncipe Philip com a rainha Elizabeth 2ª

O duque de Edimburgo se casou com a rainha Elizabeth 2ª no dia 20 de novembro de 1947, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. O casal se conheceu em 1939. À época, Philip tinha 18 anos, enquanto a então princesa tinha apenas 13. A rainha já confessou por várias vezes que se apaixonou à primeira vista por Philip.

De acordo com Marc Roche, escritor e autor de "A Última Rainha", obra dedicada à rainha Elizabeth 2ª, Philip e Elizabeth eram a combinação perfeita entre opostos. Enquanto ela era bastante introvertida e prezava pela seriedade, ele, no início do relacionamento, era extrovertido, gostava de atividades sociais e conhecer pessoas.

De acordo com o autor, os dois se complementavam de um jeito único.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!