O Ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta quarta-feira (17) que o Governo brasileiro vai liberar R$ 15 bilhões para ajudar trabalhadores informações e autônomos pelos próximos três meses. Segundo Guedes, cada trabalhador terá o direito de receber até R$ 200 mensalmente para ajudar nesse tempo onde o país está parando por conta da pandemia de coronavírus.

Segundo Guedes, os trabalhadores poderão receber os recursos na Caixa e no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Apesar de destacar essa informação, Paulo Guedes são especificou como se dará o processo do recebimento dessa quantia.

“O presidente está muito preocupado com o mercado informal. Temos hoje 38 milhões de brasileiros nessa situação, são pessoas que estão na praia vendendo seu mate, na rua vendendo sua cocada”, disse Guedes. O valor, segundo o ministro, é equivalente a duas cestas básicas. “Essas pessoas precisam ter recurso para sua manutenção básica", disse Guedes.

Paulo Guedes ainda citou os microempreendedores, e disse que também pensa em ajudá-los.

“Estamos nos reunindo a cada 48 horas e atuando em várias direções, e, caso seja necessário, anunciaremos novas medidas”, contou.

Outra sugestão de Paulo Guedes

Além da liberação de R$ 15 bilhões, outra estratégia já em fase de estudo é a suspensão de contratos de trabalho. De acordo com Paulo Guedes, a ideia é suspender o contrato formal (CLT) por cerca de 90 dias e liberar o seguro desemprego para os trabalhadores. A estratégia seria direcionada principalmente para setores mais afetados, como restaurantes e companhias aéreas, por exemplo.

Como acontecerá a liberação da verba

Para que haja a liberação desta verba, é preciso que o Brasil esteja em estado de calamidade pública. Para isso, o Presidente Jair Bolsonaro enviou um pedido ao Congresso Nacional para que ação seja aprovada.

Mais mortes por conta do coronavírus

Enquanto Paulo Guedes e demais membros do governo davam uma coletiva de imprensa em Brasília, o estado de São Paulo registrou mais duas mortes por conta do coronavírus.

Dois homens, cujos nomes não foram revelados, faleceram em um hospital particular paulista. As vítimas tinham 65 e 80 anos de idade.

Atitudes dos governos estaduais

Ao longo do país, vários estados estão adotando medidas para controlar o contágio do coronavírus. Algumas dessas medidas são os fechamentos de locais como restaurantes, shoppings e locais parecidos. Além disso, shows, peças teatrais e também campeonatos esportivos estão suspensos por tempo indeterminado na grande maioria do território brasileiro.

Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!