A Polícia apreendeu nesta terça-feira (22) dois adolescentes suspeitos de roubar e matar o taxista Ermínio Oliveira da Silva Júnior, de 39 anos, conhecido como Gasparzinho, em Porto Alegre.

O taxista atuava no ponto da rodoviária da capital gaúcha. Imagens da câmera de monitoramento mostraram o momento exato em que a dupla conversava com a vítima, minutos antes do crime.

A Polícia Civil, em parceria com a Brigada Militar, deteve os dois suspeitos de envolvimento no crime.

Segundo o delegado Gustavo Bermudes Menegazzo da Rocha, da 2º Delegacia de Polícia de Gravataí, os suspeitos foram apreendidos em Santo Antônio da Patrulha.

Conforme a Brigada Militar, que estava em patrulhamento, os indivíduos ainda tentaram assaltar outro motorista na rodovia minutos antes de serem presos. O corpo do taxista foi localizado nesta terça-feira (22), por volta das 9h30, na BR-290, próximo ao Passo da Canoa, às margens da rodovia.

Segundo a polícia, a vítima estava com marcas na cabeça. Possivelmente Ermínio foi golpeado na cabeça e morto a pauladas.

O veículo com placa de Porto Alegre, também foi encontrado na BR-290, por volta das 14h, no quilômetro 36, sentido litoral. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o táxi estava vazio e não havia ninguém próximo do veículo.

Foram encontradas roupas sujas de sangue próximas do táxi e dentro do veículo havia marcas de sangue.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

A perícia foi chamada ao local para coletar provas e outros indícios que levem aos autores do crime. Na tarde desta terça-feira, colegas taxistas do Ermínio Oliveira da Silva Júnior bloquearam e iniciaram um protesto na rodoviária da capital. Segundo testemunhas, um colega teria recusado a corrida com os dois indivíduos e visto o momento em que eles entraram no táxi da vítima.

Latrocínio

Cerca de sete pessoas são vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte) por dia no Rio Grande do Sul.

Segundo o comandante do Policiamento da Capital, coronel Jefferson Jacques, a redução do índice de latrocínio é um dos principais objetivos, os principais crimes de latrocínio é com roubo de veículos, seguido por roubo de estabelecimentos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo