Em uma ação de criminosos armados, um homem foi morto com pelo menos quatro tiros, sua esposa e seu filho, um bebê de apenas quatro meses, também foram feridos.

Tudo aconteceu na noite desta quarta-feira (17), na cidade de Portão, no Vale dos Sinos, quando a vítima, identificada como Adilson Bitencourt, de 39 anos, estava com sua esposa, de 19 anos, e o filho do casal, no interior de um automóvel Fiat Uno que estava estacionado na avenida Brasília, pois o casal teria ido ao local para comprar um lanche.

Publicidade
Publicidade

De acordo com testemunhas que presenciaram o ocorrido, neste momento dois homens armados apareceram em uma motocicleta, e ao se aproximarem do veículo, começaram a atirar contra as vítimas, que não tiveram chance de defesa.

De acordo com policiais militares que acompanharam a ocorrência, na hora do ataque dos atiradores, Adilson estaria no banco de motorista do veículo, mas mesmo sendo atingido por pelo menos quatro tiros ele ainda tentou passar para o banco do carona, mas acabou morrendo ao lado do automóvel.

Publicidade

A vítima foi atingida por disparos na região do tórax e abdome.

Na ação dos criminosos, a mulher da vítima foi atingida em um dos braços e o bebê que estava sentado na cadeirinha do banco de trás do veículo foi ferido em uma das penas e em um dos braços. Rapidamente os feridos foram socorridos e encaminhados para o Hospital da região e logo em seguida foram transferidos para o Hospital de Pronto Socorro na cidade de Canoas na região metropolitana de Porto Alegre.Tanto mãe quanto filho seguem internados no hospital e o estado de saúde de ambos não foi divulgado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Crime pode estar relacionado ao tráfico

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a vítima tinha vários antecedentes criminais por tráfico de entorpecentes e estava gozando de liberdade condicional desde o mês de outubro de 2018. Ainda dentro do veículo das vítimas, os agentes encontraram uma porção de drogas embaladas apropriadas para a venda, o que leva tudo a crer aos policiais, que o ataque está relacionado ao tráfico de drogas na região.

De acordo com o delegado responsável pelo caso da Delegacia de Polícia de Portão, Airton Figueiredo Martins Júnior, os autores dos disparos estariam utilizando na hora do crime pistolas de calibre 9mm e teriam disparado cerca de 13 vezes contra o veículo das vítimas.

A polícia agora irá analisar as câmeras de segurança da região para tentar identificar os atiradores ou a placa da motocicleta em que eles estavam, pois depois de cometerem o crime eles fugiram do local rapidamente.

Publicidade

Testemunhas também serão ouvidas para que mais detalhes sejam relacionados para o suposto fechamento do caso.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo