Ao menos seis alunos foram feridos com golpes de machadinha após um ataque ocorrido na tarde desta quarta-feira (21) na Escola Instituto Estadual Educacional Assis Chateubriand, na cidade de Charqueadas, no Rio Grande do Sul. Todos os feridos foram socorridos e encaminhados ao Hospital Geral da cidade. O ataque teria sido realizado por um adolescente que não era estudante do colégio, que após o crime teria fugido rapidamente do local.

Após o ocorrido, a Polícia Militar foi acionada e ajudou a prestar socorro às vítimas.

De acordo com os agentes militares, os feridos são dois meninos e uma menina de 14 anos, uma menina de 13 e outras duas meninas de 12 anos. Nenhuma das vítimas teve ferimentos graves. Todas as vítimas já foram medicadas e se encontram com seus familiares.

Em contato com a direção da escola, a Secretaria de Educação recebeu a informação que o adolescente infrator não seria aluno da unidade e que após atirar um coquetel molotov em uma das salas de aula, que não chegou a acertar em nenhuma vítima, teria começado a desferir vários golpes de machadinha nos alunos ali presentes.

Um extintor de incêndio chegou a ser utilizado para apagar as chamas no interior da ala do colégio.

Conforme o delegado responsável pelas investigações do caso, a movimentação do adolescente foi percebida por um professor de educação física, que conseguiu entrar na sala de aula e deter o jovem, mas ele acabou escapando e fugindo pulando um muro para fora do colégio. O suspeito foi capturado e apreendido pela Polícia Militar no meio da tarde.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Escola

O Corpo de Bombeiros esteve no local juntamente com a polícia. Membros da Secretaria de Educação também mencionaram estar indo ao local do incidente. O governador do Rio Grande do Sul, Otávio Leite (PSDB), comunicou que seu vice, Ranolfo Vieira Júnior, também iria à escola para colher mais informações dos fatos.

Tiroteio em escola de Suzano, São Paulo

Em 13 de março deste ano, na cidade de Suzano, no estado de São Paulo, dois jovens invadiram a Escola Estadual Professor Raul Gil e, em posse de várias armas, facas e machadinhas, tiraram a vida de cinco alunos da unidade de ensino e de duas funcionárias do local.

Após o ataque, um dos assassinos atirou no comparsa e depois se matou em um corredor do colégio. Pouco antes de entrarem na escola, a dupla teria matado um proprietário de uma loja na região. Os dois criminosos seriam ex-alunos do colégio.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo