Um acidente que ocorreu na noite deste domingo (9) envolvendo um ônibus de turismo da empresa Brasil Santana Transportes causou a morte de 10 pessoas e deixou 51 feridos em São Paulo.

De acordo com o agrupamento do Corpo de Bombeiros da região que foi chamado para socorrer as vítimas, tudo ocorreu por volta das 21h, quando o motorista do veículo que transportava moradores do litoral de São Paulo perdeu o controle do veículo na altura do km 31 da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, sentido sul, próximo à cidade de Campos do Jordão, no interior do estado.

O ônibus voltava de uma excursão de um dia em Campos do Jordão. O passeio era uma homenagem antecipada ao Dia dos Namorados.

Em meio ao acidente, o ônibus tombou e ainda atingiu cinco automóveis que trafegavam pela via.

Para o socorro às vítimas, 19 equipes de resgate trabalharam no local, e até o momento a real causa do acidente ainda não foi revelada.

Em meio ao tumulto para o atendimento das vítimas, 26 delas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ambulâncias do município também prestaram socorro a oito feridos. Sete pessoas ficaram aos cuidados do Corpo de Bombeiros.

Nove dos resgatados foram socorridos e encaminhados diretamente ao hospital Pronto Socorro de Pindamonhangaba.

Estes não correm risco de vida.

Dezesseis pessoas foram levadas em estado grave ao Hospital Regional do Vale da Paraíba, na região de Taubaté.

Conforme os socorristas, outros feridos no acidente foram encaminhados ao pronto-socorro da cidade de Campos do Jordão, mas o número exato de pessoas que foram levadas para cada hospitais ainda está sendo contabilizada.

As dez vítimas fatais do acidente tiveram seus corpos encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Taubaté. De acordo com informações, cinco homens, três mulheres e duas crianças morreram no acidente. Entre os mortos estão pai e filha que estavam em um dos veículos atingidos pelo ônibus.

Um exame detalhado dos corpos foi realizado na manhã desta segunda-feira (10) por peritos do IML.

O caso agora será investigado no 1º Distrito Policial da cidade de Campos do Jordão.

A empresa não se manifestou

Por telefone, a empresa Brasil Santana, que possui sua sede na Praia Grande, no litoral paulista, mencionou que só irá se manifestar após obter todas as informações pertinentes ao acidente. Em uma declaração realizada pelas redes sociais, o governador da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB), mencionou que sentia muito pelo ocorrido e prestou solidariedade aos familiares das vítimas.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!