Nesta quarta-feira (18), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou o fechamento de todos os shoppings centers da região metropolitana de São Paulo para evitar que o coronavírus se alastre ainda mais na Grande São Paulo, já que os empreendimentos são conhecidos por aglomerar um número razoável de pessoas diariamente, principalmente aos finais de semana. Segundo a medida, os locais terão de ser fechar a partir de segunda-feira (23) e permanecer assim até o dia 30 de abril. Vale ressaltar que a medida não vale para o shoppings do interior e do litoral.

Academias fechadas por causa do coronavírus

Além dos shoppings, as academias de ginástica de São Paulo deverão fechar as portas a partir de domingo (22), de acordo com informações transmitidas por Doria a imprensa nesta quarta-feira (18). Na coletiva de imprensa, o governador ainda ressaltou que as aglomerações em praias, bares e clubes devem ser evitadas, e que os idosos, que são parte do grupo de risco segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), deverão permanecer isolados em suas residências.

Em meio ao seu discurso, Doria ressaltou que a população deverá evitar as aglomerações e que o bom senso e a prudência de cada um dos cidadãos é imprescindível, e que as medidas foram tomadas com base na opinião de especialistas e informações vindas com a aprovação da área médica e sanitária do Governo.

Medida visa combater coronavírus

Sobre o fechamento dos shoppings e das academias, a secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, Patrícia Ellen, ressaltou que a ação foi discutida com líderes e entidades da área, e que houve muito diálogo, até que todos entraram em consenso ressaltando que a prioridade são as pessoas, e o combate constante ao coronavírus.

A secretária ainda ressaltou que a decisão foi feita de forma planejada e muito prensada, ressaltando que não é necessário ter pânico e que a decisão não foi tomada com este intuito, e sim priorizar o bem-estar da população e também dos profissionais destes locais, que lidam diretamente com muitas pessoas ao longo do dia.

Escolas fechadas e polícia com regime especial

Como já havia sido anunciado anteriormente, as escolas públicas de São Paulo deverão ser fechadas a partir da próxima segunda-feira.

Desde a última segunda (16), o governo vem suspendendo as aulas de forma gradual, visando dificultar a disseminação do vírus, e grandes escolas particulares também têm fechado as portas ao longo dos últimos dias, como foram orientadas anteriormente.

Ainda foi anunciado nesta terça-feira (17) que as delegacias de polícia funcionarão em regime especial, e a prestação de serviço ao público funcionará apenas para os registros de crimes graves, que, de fato, precisem de uma atenção especial.

Não perca a nossa página no Facebook!