Diz a velha piada que é difícil fazer previsões, especialmente sobre o futuro. É ainda mais difícil quando as previsões envolvem os notoriamente imprevisíveis seres humanos. Ainda assim, alguns comportamentos de uma pessoa, especialmente se são frequentes, podem fornecer insights quanto a seu modo de pensar e agir e dar uma ideia de como ela se comportará futuramente em certas ocasiões.

Pessoas avaliando um indivíduo como futuro parceiro ou pensando em aprofundar o Relacionamento com o parceiro que já têm deveriam pensar muito bem e avaliar as ações do indivíduo em questão.

Por exemplo, as mulheres pensando em transformar o namorado em marido devem pensar se eles têm as qualidades que um bom marido possui e pesar cuidadosamente os prós e os contras. Afinal, com quem casar será uma das mais importantes decisões que uma mulher (ou Homem, aliás) pode tomar.

A seguir, estão listadas e comentadas algumas características de um homem que costumam indicar que não é boa ideia casar-se com ele:

1 - Infidelidade

As pessoas cometem erros e podem evitá-los no futuro, é verdade. As pessoas mudam, amadurecem, melhoram, é verdade. Ainda assim, também é verdade que é muito provável que um homem que já traiu traia de novo.

2 - Vícios

Sim, vícios podem ser vencidos, mas a um preço que, infelizmente, a maioria das pessoas não consegue pagar, como deixam claro as estatísticas de fracasso no tratamento de vícios. O vício - em jogos, drogas, sexo, compras, álcool etc. - não só pode destruir uma pessoa como, pelo efeito que tem sobre essa pessoa amada e pelos estragos que a levam a fazer no ambiente, como arrasar as pessoas que convivem ou estão ligadas intimamente a ela, como parceiro ou parceira, filhos, pais etc. Finanças do casal, família, sonhos, respeito mútuo, tudo pode virar pó, diante do vício de um dos cônjuges.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Relacionamento

3 - Possessividade

Além de ser uma marca de pessoa com baixa autoestima, no futuro, pode servir de base para comportamentos agressivos. Sem contar que é chatíssimo ter uma pessoa insegura vigiando e sufocando a pessoa por causa dos seus próprios recalques. Em um relacionamento com uma pessoa assim, tudo vira desculpa para drama e desconfianças absurdas. Tentativas de autoaprimoramento, de realizar os próprios sonhos acabam barradas ou são vistas com desagrado.

Além disso, possessividade não tende a melhorar no Casamento. Pelo contrário, se ele já se comportava como dono da namorada, o casamento provavelmente será para ele como o fechamento definitivo do negócio.

4 - Comportamento violento

Comportamento violento, seja físico, seja verbal, como possessividade, não tende a ficar melhor depois do casamento. Pelo contrário, um homem violento no namoro tende a achar mais razões nas complexidades e dificuldades do casamento para se comportar de maneira agressiva com a parceira e a se considerar com mais razão ainda para maltratá-la depois que ela virou a mulher dele.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo