A fé e a #Ciência nem sempre tiveram um bom diálogo. As primeiras respostas aos questionamentos do ser humano a respeito do universo, foram dadas pela religião, assim sendo houve um descontentamento da parte da ciência por essas respostas serem tão limitadas, entretanto o que muitos não sabem é que recentemente foram feitas pesquisas sobre os efeitos da oração sobre o cérebro humano, dessa forma mostrando que há vários benefícios quando a pessoa ora. Vale lembrar que está pesquisa não teve o intuito de promover alguma religião, mas sim o que a prática da oração pode oferecer a saúde física, mental e emocional.

O poder da oração, para quem crê, é real e proporciona resultados perceptíveis, há algum tempo, a ciência vem trazendo embasamento para essas convicções, com descobertas a respeito do funcionamento do cérebro humano em relação a fé.

O resultado da pesquisa revelou que a prática muda as quatro áreas do cérebro humano: lobo frontal, o córtex cerebral, os lobos temporais e o sistema límbico. Comprovando assim que não necessariamente a religião seja importante nesse quesito, mas que a prática da oração promove efeitos sobre o sistema nervoso central. Confira a seguir algumas dicas sobre os benefícios da oração:

1. Diminui a dor

Fortalece a imunidade; diminui a dor; aumenta hormônios da felicidade como: serotonina, ocitocina, dopamina, endorfina. Reduz as chances de problemas cardíacos e depressão. Durante alguma determinada doença, orar alguns minutos por dia, garante ao indivíduo uma melhor resposta ao tratamento. A ciência já descobriu de onde vêm todos esses benefícios: da fé.

2. Reduz o risco de doenças

Diminui o risco de morte por ataque cardíaco, perda de memória, demência, mal de Alzheimer, derrame cerebral, ansiedade e depressão.

Fora isso ficou provado que orar melhora o sistema imunológico e outros sistemas do corpo humano.

3. Combate a depressão

Uma pesquisa feita no Canadá revelou que pessoas que oram são menos violentas e depressivas, isso porque a fé age em algumas partes do cérebro, principalmente no sistema límbico responsável pelas emoções. A prática da oração diminui o stress, ansiedade, comprovando que a crença possui um efeito calmante cuja consequência é a diminuição do medo de enfrentar o que parece incerto e desconhecido.

4. Traz o equilíbrio emocional

Quando a pessoa se sente frágil, busca na oração o discernimento. Na dúvida, busca-se na oração a certeza. Na raiva, busca-se na oração à calma. A fé dá coesão para os praticantes daquela determinada crença. Ela encarnada conduz necessariamente à prática da bondade e solidariedade. A oração dá certeza nas incertezas. #Fé #@oração