A Bíblia, sem a menor sombra de dúvida, é o livro mais lido e publicado do mundo ao longo dos séculos, porém, é necessário levar em consideração que foi escrito em um período muito longínguo da História e várias de suas proibições e restrições são praticamente impraticáveis na sociedade atual.

1 - Criar animais de estimação de espécies diferentes

Segundo o livro "Levítico", não pode exister, em nenhuma hipótese, ambientes onde animais de espécies diferentes coexistam.

Isso significa que, se na sala de estar estão um cachorro e um gato, por exemplo, as pessoas responsáveis estão contrariando a bíblia. Um fato descohecido de muita gente, incluive daqueles que costumam acompanhar as pregações de padres e pastores, que não costumam enfatizar essa passagem bíblica.

2 - Praticar sexo antes do matrimônio

A proibição vem livro "Deuteronômio", e é uma das passagens da bíblia mais solenemente ignorada de todos os tempos, principalmente na sociedade atual.

O pensamento das pessoas que vivem no ambiente urbano e tem opiniões mais "mente aberta", são bem diferentes daquelas pessoas mais conservadoras. A tendência é que pessoas mais velhas abominem a prática da fornicação, mas as mais jovens adotam essa prática. Sexo antes do casamento era um tabu na sociedade de décadas atrás, mas os costumes mudaram bastante de lá para cá.

3 - Comer bacon

No livro "Levítico", comer carne de porco, de maneira geral, é uma prática condenável.

Logo, o famoso bacon faz parte do que é chamado de "carne imunda". Além de não poder comer, também é proibido atémesmo tocar nos cadáveres dos porcinos.

4 - Fazer a barba

Ainda no livro "Levítico", existe uma proibição com relação ao ato de fazer a barba. Infelizmente, até mesmo para alguém que segue as regras do livro sagrado, fazer a barba é uma obrigação contratual em várias empresas que exigem ou 'barba feita" ou que seja totalmente retirada.

Na sociedade atual é impraticável seguir todas as regras da bíblia, afinal, é um livro de dois mil anos atrás. Esse é um bom exemplo.

5 - Tatuagem

A bíblia proíbe qualquer tipo de marca sobre o corpo, através do livro Levítico, e nessas marcas se incluem as famosas tatuagens. É notório que essa prática de marcar o corpo é um costume em vários povos que nunca tiveram qualquer contato com a bíblia ou com o cristianismo, como é o caso dos maoris na Austrália, que costumam marcar-se com as suas histórias de vida.

Eles se tornaram especiamlente famosos após o filme "Moana" da Walt Disney Pictures, lançado em 2017.

6 - Peixes e Camarão

A bíblia, no antigo testamento, proíbe o consumo de qualque animal que tenha escamas, barbatanas ou que habitem na água. A partir disso, o livro "Levítico" ainda afirmam que esses animais são abominação. É notável o impacto do cristianismo no ocidente, pois em países como o Japão, por exemplo, consuma uma quantidade muito maior de frutos do mar, devido, basicamente, a sua posição geográfica.

7 - Comer gordura e carne mal passada

Ainda na lista de restrições alimentares, o livro Levítico segue informando que seguidores da palavra não devem consumir carne mal passada, nem contendo ainda gordura ou sangue, sendo a prática de consumir esse tipo de alimento proibida em toda e qualquer casa dos seguidores do Senhor.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo