A Rede Globo é a maior rede de televisão aberta do Brasil, sendo a segunda maior rede de TV do mundo, ficando atrás apenas da American Broadcasting Company (ABC). A empresa é uma das ramificações do Grupo Globo, um dos maiores conglomerados de mídia do mundo.

Por ser uma das empresas mais poderosas do Brasil e do mundo, a Rede Globo sempre foi alvo de críticas por parte daqueles que veem na organização influências no meio politico brasileiro. A própria emissora no final do ano de 2013 divulgou nota em que admitiu o erro de ter apoiado o golpe militar de 1964.

Além da emissora de TV com sede no Rio de Janeiro, ainda fazem parte do conglomerado a Globosat, empresa responsável por canais por assinatura, como, por exemplo, toda a rede Telecine, SporTV, GNT e GloboNews.

O grupo Globo também é dono da operadora de TV a cabo NET.

A seguir alguns dos canais da Globosat: Bis, Canal Brasil, Gloob, GNT, Mais Globosat, Multishow, OFF, Combate, Premiere Clubes, Premiere (de 2 até 10), SporTV, SporTV 2, SporTV 3, Sexy Hot, Playboy TV, Venus e Sextreme.

A Editora Globo tem no seu catálogo as publicações: Época, Galileu, Época Negócios, Marie Claire, Crescer, Globo Rural, Casa & Jardim, Casa & Comida, Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Autoesporte, Quem, Vogue, Casa Vogue, GQ e Glamour.

Os jornais do grupo são: O Globo, Extra, Valor Econômico e Expresso da Informação. Na área cinematográfica existe a Globo Filmes, na música a tradicional, Som Livre. No rádio existem as rádios Globo e #CBN, entre outros empreendimentos. Em termos digitais o Grupo Globo é dono do Zap Imóveis.

O presente artigo tem como objetivo ajudar todos aqueles que acham que o capeta sorri sempre que uma televisão é ligada na Rede Globo, uma espécie de guia para todos aqueles que acreditam que a empresa é uma espécie de representante do diabo na terra, ou seja, ajudar todos a todos que ainda não perceberam que sem o saber, estão fazendo uso de algum dos produtos do grupo do clã Marinho.

Interessante notar que muitos que acreditam nisso não se importam em fazer uso de produtos produzidos por marcas multinacionais que sabidamente fazem uso de trabalho escravo. Ou ainda não se importam com outra poderosa rede de TV que faz uso da religião para arrecadar fundos para seus investimentos televisivos e também para alavancar um projeto de dominação política, convenientemente esquecendo-se que o Estado é laico. Como bem disse os Titãs na canção ‘’Homem Primata’’, o capitalismo é selvagem. #radioglobo