Ainda que "Amor de Mãe" seja uma novela bastante realista e esteja constantemente abordando temas sociais relevantes para o momento que o Brasil vive, a obra de Manuela Dias acaba pecando um pouco quando o assunto é a representação da diversidade sexual.

Nesse sentido, é possível destacar que apenas um personagem homossexual se faz presente na atual ocupante da faixa das 21h. Esse personagem, por sua vez, não possui muito destaque e aparece em poucas cenas. Trata-se de Miguel (Giulio Lopes), o pai de Davi (Vladmir Brichta), um homossexual mais velho e bastante seguro quando o assunto é a sua orientação.

Apesar de se tratar de um personagem bastante interessante, que instiga o apresentador a querer ver mais a respeito dele, Miguel ainda não teve o seu passado apresentado aos telespectadores de "Amor de Mãe" até o presente momento da trama.

Mostra-se válido destacar que ele acabou se transformando em uma espécie de substituto para Vitória (Taís Araújo), visto que os dois compartilham a mesma profissão. Dessa forma, como a advogada não pode assumir algum caso por conflito de interesses, Miguel entra em cena para defender os clientes que ela precisou dispensar.

Para além dessa função, o personagem de Giulio Lopes também pode ser considerado o confidente daqueles com quem tem proximidade. A título de ilustração, é possível citar Lídia (Malu Galli), que foi sua aluna quando estava na faculdade e com a qual acabou firmando uma amizade que ultrapassou décadas.

Além de Lídia, Miguel também escuta constantemente os desabafos do filho sobre a sua conturbada vida amorosa.

Personagem intrigante em 'Amor de Mãe'

Entretanto, apesar de sua pouca função na trama de "Amor de Mãe", desde os primeiros momentos em que Miguel foi apresentado, ele acabou chamando a atenção do público especialmente pela relação firmada com Davi.

Mas desde esse primeiro momento, nenhum tipo de evolução foi dada ao personagem, de forma que os telespectadores não sabem como as suas relações foram construídas.

É possível que Manuela Dias esteja reservando alguma coisa para o futuro do advogado, visto que a autora e a equipe da novela está constantemente procurando esconder algumas revelações para surpreender o público.

Porém, somente o tempo poderá esclarecer isso.

O que se sabe até o momento é que "Amor de Mãe" está constantemente recebendo elogios da crítica especializada por conseguir se esquivar magistralmente de estereótipos ou de reduzir os personagens a uma única característica, em especial quando esses personagens fazem parte de alguma minoria. A própria Vitória serve como uma maneira de demonstrar isso com clareza, visto que ela é uma mulher negra que obteve sucesso na carreira, mas não precisa passar todo o tempo da trama explicando como conseguiu chegar a esse ponto.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página LGBT
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!